MENU

Teste - Canivete Park Tool MT-30 com chave 15 é opção para bikes urbanas

Canivete multi-ferramentas possui kit básico de sobrevivência e um plus para quem usa cubos sem blocagem

O MT-30 é um canivete multi-ferramentas feito pela Park Tool, empresa norte-americana especializada em ferramentas para bicicletas de alta qualidade. Além de carregar as chaves básicas que você precisa para apertar e soltar a maioria dos parafusos de uma bike, ela ainda tem um grande diferencial - a presença de chaves para porcas hexagonais de 15mm e 8mm.

Ferramenta Park Tool MT-30
Ferramenta Park Tool MT-30

Muitas bicicletas urbanas, principalmente as fixas, single speeds, bikes mais básicas e diversas elétricas ainda precisam de uma chave 15 para soltar a porca do eixo - sem ela, consertar um pneu furado pode se transformar em um grande desafio.

Aqui no Pedal, você já conheceu a História da Park Tool, o maior fabricante de ferramentas da bicicleta do mundo, que no Brasil é importada e distribuída pela ISAPA.

Abaixo, confira nossa avaliação completa com a Ferramenta Park Tool MT-30.

Ficha Técnica

Chaves Allen: 2.5, 3, 4, 5, 6 e 8mm
Chaves Torx: T25 - T30
Porca hexagonal: 15mm - 8mm
Fenda e Phillips:
Adicionais: Suporte de argola de chaves
Peso divulgado: 153g
Peso aferido: 155g
Preço médio na internet*: R$ 183.75
*Média dos 4 primeiros anúncios do item na busca do Google

Descrição Ferramenta Park Tool MT-30

Para quem gosta de ferramentas e coisas mecânicas bem feitas, a Park Tool MT-30 é um colírio para os olhos. O acabamento utiliza o azul tradicional da marca, anodizado nas belas placas laterais de alumínio. O nome da marca em alto relevo no acabamento "natural" dão um toque especial para a peça.

Placa lateral Park Tool MT-30
Placa lateral Park Tool MT-30

Outro ponto que agradou bastante foi a forma arredondada e sem quinas agudas nas placas laterais. Além disso, elas são bem grossas e reforçadas. Mesmo que isso acrescente um pouco de peso, esta característica permite aplicar um bom torque sem machucar as mãos ou entortar a ferramenta - algo importante para soltar aquela porca 15 que está mais apertada do que deveria.

O acabamento das chaves em si também agradou e, ao menos nos parafusos que testamos, a precisão nos pareceu ótima. Na mão, a chave tem uma textura agradável e transpira durabilidade e qualidade - como tudo feito pela Park Tool.

Adaptador de 5mm para 8mm
Adaptador de 5mm para 8mm

Ainda falando em chaves, os destaques com certeza ficam por conta da chave 15mm e 8mm para porcas hexagonais. A primeira é fundamental para soltar cubos de bicicletas que não utilizam blocagens. Já a segunda pode ser utiliza para soltar porcas de freios V-Brake.

Além disso, destacamos o "bit" que adapta a chave allen de 5mm para 8mm - como ele pode ser deslizado para dentro, perde-lo é mais difícil do que os adaptadores mais comuns, que precisam ser retirados.

Chave 15mm Hexagonal
Chave 15mm Hexagonal

Para quem pretende fazer um uso mais urbano, a MT-30 ainda tem um pequeno suporte perfurado que pode ser utilizado para prender argolas de chave, transformando a ferramenta em um chaveiro - talvez ela seja um pouco grande e pesada para o bolso da calça, mas dentro da mochila ou no bolso da camisa de ciclismo ela vai bem.



Testando a Park Tool MT-30

Ao longo de dois meses, utilizamos a ferramenta tanto em casa quanto em pedais em trilhas. As chaves para porcas hexagonais também foram testadas e mostraram-se funcionais. Outro detalhe é que, durante o teste, montamos e desmontamos uma bicicleta praticamente completa com ela.

Ferramenta de bom tamanho
Ferramenta de bom tamanho

No geral, a ferramenta agradou bastante pela variedade de chaves e também pela qualidade. Com ela, conseguimos alcançar sem grandes dificuldades todos os parafusos de uma bike inteira, indo do grande parafuso central que prende a pedivela até os menores, passando inclusive pelos Torx que prendem os discos de freio ao cubo.

Para ficar ainda melhor, talvez ela pudesse ter alguns mm a mais de comprimento nas chaves, principalmente na de 5mm que aperta boa parte dos parafusos de pinça de freio traseira - na bike testada, a chave "passa raspando" em uma pinça Shimano XT M8100.

Outro detalhe importante é que, ao longo do uso, a pressão dos parafusos que mantém a ferramenta montada não variou, o que é um ponto super positivo. Por falar em pressão de montagem, a da Park Tool MT-30 nos pareceu ideal, com as chaves ficando na posição desejada - além disso, ela não abre a toa dentro da mochila ou do bolso da camisa de ciclismo.

Suporte para argola de chaves
Suporte para argola de chaves

Apesar de ser praticamente perfeita para o uso urbano, principalmente se você precisa de uma chave 15 mas não quer carregar uma ferramenta grande como um chave de boca, a Park Tool MT-30 tem um pequeno "defeito" se seu objetivo for pedalar em trilhas - a falta da chave de corrente.

Na cidade e na estrada, esta ferramenta muitas vezes não é tão importante. Porém, em trilhas mais pesadas, onde os danos na corrente ou na transmissão podem acontecer, é desejável um conjunto que conte com abridor corrente.

Conclusão

A Park Tool MT-30 é uma excelente ferramenta para ciclistas urbanos. Muito bonita, estilosa e bem acabada, ela pode ser facilmente utilizada como chaveiro e combina perfeitamente com o visual do ciclista urbano, trazendo ainda a vantagem de ter a fundamental chave 15mm para porcas hexagonais.

Isso ainda traz para o ciclista uma vantagem menos evidente: a possibilidade de utilizar cubos presos com porcas ao invés de blocagem rápida. Isso dificulta muito o trabalho de ladrões que podem tentar roubar as rodas da bicicleta.

Trata-se de um produto de altíssima qualidade e que deve durar por muitos e muitos anos (a nossa estava novinha depois de 2 meses passeando na letal bolsinha de ferramentas). Porém, se você pretende tê-la como única ferramenta na sua mountain bike, talvez a Park Tool MT-40 seja uma opção mais acertada.

Mais informações no site da Park Tool.


Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.