home

Presidente da UCI teria garantido título de Froome no Giro mesmo com punição por Salbutamol


3 MAI, 2018     Gustavo Figueiredo     3    



Com a largada do Giro marcada para acontecer nesta sexta-feira, dia 4 de Maio, um grande peso está sobre a cabeça da RCS Sport, organizadora da competição. Isso porque, ainda com seu caso de Salbutamol em aberto, Chris Froome (Sky) deve largar como um dos principais favoritos para levar a Camisa Rosa.

Foto 67638

Caso isso aconteça, a preocupação dos organizadores é que o atleta venha a ser punido, o que poderia resultar na desclassificação do campeão. Porém, segundo Mauro Vegni, diretor da prova, David Lappartient, presidente da UCI, teria garantido que isto que isso não deve acontecer.

"A posição do Giro sempre foi a mesma. Não aceitariamos uma situação como a de Contador em 2011. Recebemos certificações de que isto não vai acontecer, disse Vegni. Ele ainda afirmou ter tido uma reunião com o presidente da UCI em março.

"O que propus para o presidente Lappartient é que, por conta do longo processo de julgamento, uma eventual suspensão deveria ser aplicada a partir do momento em que a sanção for comunicada. Por isso, se o resultado vier depois do Giro, a punição deve partir do Giro. Se for depois do Tour, ela passa a valer depois do Tour", explicou.

Segundo ele, seria injusto com os torcedores, organizadores e até com o próprio atleta se ele corresse sabendo que poderia perder o titulo depois. Além disso, Vegni defende que, caso seja punido, Froome perca seu título na Vuelta 2017 - prova em que ele foi flagrado com o dobro da concentração permitida de Salbutamol em sua urina.

"Estamos confiantes de que o vencedor em Roma será o vencedor final do Giro d'Italia", finalizou Vagni. Agora, resta saber se David Lappartient realmente prometeu isso, já que ele ainda não se pronunciou sobre o caso.


Comentários

  • avatar

    LUIS B.   

    LUIS B.   

    Em 21.01.2013, nos jornais: A edição desta segunda-feira do jornal francês Le Monde publicou um relatório que comprovaria que a União Ciclística Internacional (UCI) teria encoberto um resultado positivo de exame antidoping do ex-ciclista Lance Armstrong, na primeira etapa da Volta da França de 1999, quando conquistou o primeiro dos sete títulos que lhe foram cassados..
    Porque será que esta atitude da UCI não me espanta?

    10 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Mirene   

    Mirene   

    Não acho que Froome deveria correr no Giro. É injusto para os outros Ciclistas que não estão sendo investigados. Simples assim. Se perguntarem para os Ciclistas verão que não concordam com a presença do Froome nas corridas.

    10 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados