home

Hansen encerra jornada de 20 Grandes Voltas consecutivas


29 MAI, 2018     Gustavo Figueiredo     5    



O ciclista australiano Adam Hansen (Lotto Soudal) largou e terminou todas as grandes voltas que acontecerem entre agosto de 2011 e o último Giro d'Italia. Ao todo, foram nada menos do que 20 corridas consecutivas, mais do que qualquer outro ciclista no mundo. Agora, o ciclista finalmente resolveu descansar um pouco, afirmando que não deve largar no Tour de France 2018.

Foto 68001
   Divulgação

"Este é meu vigésimo consecutivo e eu terminei todos. É algo especial, algo que nunca foi feito antes", afirmou Hansen em entrevista ao Eurosport pouco antes de subir ao pódio do Giro d'Italia em Roma. Na ocasião, o ciclista foi convidado pela organização para celebrar sua conquista.

O record anterior pertencia ao espanhol Mariano Lejarreta, que correu 12 grandes voltas consecutivas nos anos 1980. Uma grande diferença entre os dois é que Lejarreta corria pela liderança na geral, enquanto Hansen era um gregário que tentava vencer algumas etapas. De uma forma ou de outra, o australiano sempre desempenhou um papel fundamental em sua equipe, sendo um dos principais ajudantes de André Greipel, Tim Wellens e Jurgen van den Broeck.

Agora com 37 anos, Hansen precisou se superar para completar o último Giro e a jornada que o levou a percorrer cerca de 70 mil km em 419 dias de corrida. O segredo, segundo ele, é a consistência e a sorte.

"Eu tive sorte para evitar tombos e ficar doente. Ganhei algumas etapas e tive anos difíceis também. Você precisa ser consistente", afirmou. "Este Giro foi um dos mais difíceis. Não tanto pelo percurso mas sim por como ele foi corrido. Não tivemos um momento de tédio", explicou.

Ao longo de suas 20 Grandes Voltas, Hansen viu grandes nomes do ciclismo com Alberto Contador, Vincenzo Nibali, Lance Armstrong subirem no lugar mais alto do pódio. Porém, segundo ele, Froome e Nibali se diferenciam dos outros.

"O melhor que eu vi foi Froome, mas o mais espetacular é Nibali. Para o espectador ele é máximo, porque ele sempre tenta. Mesmo quando não está bem, mesmo quando tudo parece perdido. Tudo pode ser esperado de Vincenzo", disse.

Todavia, o atleta ainda não sabe se está pronto para abandonar definitivamente as grandes voltas. "Eu gostaria de descansar um pouco e ter um verão de folga. Talvez eu faça o vigésimo primeiro. Vamos ver", finalizou.


Comentários

  • avatar

    Neemias Costa Isaias   

    Neemias Costa Isaias   

    Esse comentarista só faz diminuir a conquista dos outros. Concordo com o Humberto Jr..
    10 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    antonio   

    antonio   

    Parabéns Humberto! concordo e faço minhas as suas palavras, e acrescento seguinte, hoje tem sido tão dificil, conseguir assistir grandes provas, pois os canais de tv, e principalmente a ESPN, sempre passa a maior parte de sua programação, falando em futebol, e quando temos uma prova como o giro, temos que ficar aguentando esse ( lenda ), falando de paisagem, de viagem, de curiosidades, que eles acham na net, durante a transmissão, e quase não falam da prova e quando falam, da essas merda ai, eu não sei quem um dia achou que esse ( lenda ), tinha que apresentar um programa de ciclismo, acho que seria melhor um programa assim, ( por onde a lenda do Celso Anderson viajou durante a vida) ai a gente já sabia que era um programa bosta e nem perdia tempo assistindo.
    10 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Humberto Jr.    

    Humberto Jr.    

    Enquanto isso, a “lenda” do ciclismo brasileiro, Sr. Celso Anderson, diz que ele é um “cururu”, irrelevante, um bosta que não ganha nada nem nunca aparece. Quero ver se manter tanto tempo no world tour sendo um zero à esquerda como quer nos fazer crer a “lenda” já citada acima.
    10 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Humberto Jr.    

    Humberto Jr.    

    Enquanto isso, a “lenda” do ciclismo brasileiro, Sr. Celso Anderson, diz que ele é um “cururu”, irrelevante, um bosta que não ganha nada nem nunca aparece. Quero ver se manter tanto tempo no world tour sendo um zero à esquerda como quer nos fazer crer a “lenda” já citada acima.
    10 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados