home

Depois de quebrar o dedo em briga com motorista, Gilbert pode ser preso por uso de spray de pimenta


13 ABR, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


No dia 9 de Abril, Philippe Gilbert e seu companheiro de BMC Loïc Vliegen envolveram-se em uma confusão durante um treino na Bélgica. Segundo a versão dos ciclistas, dois homens embriagados em um carro tiveram atitudes agressivas contra eles. Na confusão, o ex-campeão mundial acabou quebrando um dedo, o que deixará ele fora da bike por alguns dias. Segundo informações da equipe, a dupla de homens foi presa pela polícia belga depois do incidente.

imagem
Philippe Gilbert. Foto: BMC / Divulgação


"Não me sinto nem um pouco mal", disse o atleta em uma nota. "Mais do que qualquer coisa, estou chocado que isso tenha acontecido, afinal você não espera nada deste tipo quando sai para treinar".

Porém, esta matéria do jornal belga Het Nieuwsblad afirma que os homens do carro disseram em sua defesa que eles não estavam bêbados e que os ciclistas é que foram agressivos contra eles. Além disso, eles afirmam que Gilbert teria usado um spray de pimenta na confusão, algo proibido na Bélgica.

De acordo com a publicação, o atleta pode levar uma multa que varia entre 100 e 25 mil Euros e pegar uma pena que pode ir de um mês a cinco anos de prisão se for considerado culpado da acusação. Além disso, o jornal informa que o spray teria sido comprado na França, onde a venda é legal.

"Na França o produto é vendido livremente. Tinha ele comigo por já ter enfrentado agressões durante treino. Um ciclista está indefeso contra os outros e infelizmente temos visto muitas cenas de violência", disse Gilbert.

A versão de Gilbert

Para a polícia, os ciclistas contaram que estavam andando na estrada que liga Spa a Theux com mais um jornalista de bicicleta seguido logo atrás. Em um determinado momento, um carro teria passado pelo grupo deixando muito pouco espaço. Então, os ciclistas teriam expressado seu descontentamento de forma verbal e com gestos de mão.

Em seguida, o motorista teria reduzido a velocidade para esperar. Quando emparelhados, o homem teria jogado o carro para cima de Loïc Vliegen, que teve que segurar-se ao veículo para evitar um tombo. Então, o motorista teria agarrado a roupa do atleta e acelerado, quase causando uma colisão frontal com outro veículo.

Mais para frente, os ciclistas teriam encontrado novamente o dois homens do carro e aconteceu uma nova troca de insultos. Neste momento teriam acontecido as agressões físicas que culminaram em três fraturas no dedo de Gilbert.





Comentários



Relacionados