home

Prêmio de Melhor Ciclista Paraolímpico 2013 - Soelito Ghor é um dos prestigiados


15 DEZ, 2013     Péricles    
     


Atual campeão brasileiro de estrada e contra-relógio, Soelito Gohr recebeu nesta quarta-feira, 11 de dezembro, o Prêmio Paralímpicos, promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Durante a cerimônia, foram premiados os melhores atletas, técnicos e dirigentes do ano de 2013 em todas as modalidades Paralímpicas do Brasil. No ciclismo, o experiente Soelito Gohr, 40 anos, foi eleito o melhor do ano.

A premiação foi entregue pelo presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo, José Luiz Vasconcellos, que reconheceu a importância da premiação para a modalidade. "Os atletas do Paraciclismo merecem a premiação. Talvez, pela superação, todos tivessem que receber esse prêmio, mas como devemos escolher apenas um atleta, tenho certeza que o ciclismo foi muito bem representado pelo Soelito", destacou o presidente.

Soelito foi um dos primeiros atletas a ganhar destaque internacional no Paraciclismo. O atleta que compete pela categoria C5, foi Campeão Mundial em 2010 e 2009, vice-campeão da Copa do Mundo, Campeão Brasileiro por diversas vezes, entre outros títulos de destaque. Atleta desde 1986, quando ingressou no ciclismo, Soelito acabou sofrendo um grave acidente em 1995 que deixou sequelas no seu braço e ombro esquerdo. Dois anos depois, já recuperado, Soelito voltou as competições, desta vez na modalidade Paralímpica. Atualmente o atleta representa a seleção brasileira de Paraciclismo e defende a equipe Memorial/Santos.

"É um reconhecimento muito importante para manter a nossa motivação. Estou muito contente em mais uma vez ser eleito o melhor atleta do ciclismo e aproveito para compartilhar essa premiação com a minha equipe e todos os atletas paralímpicos do Brasil", declarou Soelito.

Além de Soelito, outros 21 atletas também foram reconhecidos no Premio Paralímpico, que definiu ainda o melhor atleta brasileiro no masculino e feminino entre todas as modalidades. Eleitos por meio de uma votação popular no site do CPB, Daniel Dias e Susana Schnarndorf foram os escolhidos. Os atletas fizeram bonito no Mundial de Natação de Montreal este ano. Daniel fechou o campeonato com seis ouros, enquanto Susana foi campeã dos 100 metros peito e bronze nos 400 metros livre.


Comentários



Relacionados