home

Mais uma vez, USP estuda restringir acesso de ciclistas ao campus Butantã


30 JAN, 2016     Gustavo Figueiredo     1    
     


Mais uma vez, a USP estuda restringir o acesso e a circulação de ciclista a um dos mais tradicionais pontos de treinamento de ciclismo de São Paulo - o Campus Butantã da instituição de ensino. Esta já não é a primeira vez que a USP estuda regras para limitar a circulação de ciclistas no local. Em 2005, ela já chegou a proibir completamente a entrada e circulação de bicicletas para não alunos, o que deixou uma grande quantidade de ciclistas sem um lugar para treinar, já que o Campus é um dos únicos locais da cidade capazes de proporcionar condição de treino em pelotões. Hoje, com o grande crescimento de ciclistas que treinam no local, o problema seria ainda maior.

imagem
Chamorro vence etapa 1 da Copa America de Ciclismo 2015, realizada na USP


Desta vez, a medida foi proposta por José Antônio Visintin, prefeito do Campus que recebe até 70 mil pessoas por dia. Segundo a proposta atual, a ideia é limitar os pelotões a apenas uma faixa da Av. Professor Melo Moraes, mais conhecida como Raia da USP, que no caso contaria com meia pista para ida e meia pista para volta. Todavia, quem treina no local sabe que esta proposta é bastante inviável, já que além do asfalto extremamente precário, apena metade da Raia simplesmente não comporta a quantidade de ciclistas que treinam nas terças e quintas-feiras, por exemplo.

Outro problema bem obvio da proposta é que a Raia é completamente plana, o que tornaria impossível qualquer tentativa de treino de subida no local, já que estes normalmente são realizados nas avenidas do Matão e na Professor Lineu Prestes, conhecidas como Biologia e Química, respectivamente. Para aprovar sua proposta, que ainda deverá ser enviada à reitoria, Visintin promete realizar reuniões com atletas que treinam no local.


Comentários

  • avatar

    Alonsos m   

    Alonsos m   

    Coxinhas nefastos.
    A usp pertence ao governo..mas ficA dentro do jaguare e favela da remo..entao e nosso tambem. A favela tem direito a andar de bike..a pe..voando ate. E se nois temos..a sociedade em geral tambem pode usar o campus..ninguem quer comer a usp...o problema da usp e sua reitoria atrasada e sem nocao de nada.

    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados