home

BIke Series 2017 #3 - Velo Città - Brasileiro que cruzou Rússia pedalando é convidado de honra


25 AGO, 2017     Gustavo Figuereido     1    



Após fazer história ao pedalar cerca 10.000 km na Rússia, Marcelo Florentino Soares - o "Mixirica" - disputa a competição Bike Series no autódromo Velo Città no dia 26 de agosto em Mogi-Guaçu (SP).

Foto 64234
Mixirica em ação na Rússia (Denis Klero/ Red Bull Content Pool)

O ciclista paulistano mais conhecido como "Mixirica" pelo hábito de comer a fruta nas corridas, acaba de voltar da Rússia onde realizou um feito histórico para o país ao conquistar o top 3 pela segunda vez na Red Bull Trans-Siberian Extreme, competição por etapas mais longa do mundo, com 9.211km de distância acompanhando a mítica ferrovia Transiberiana, que cruza à Rússia rumo ao extremo Oriente, fazendo fronteiras com a Mongólia e China.

Para ter uma ideia do tamanho do desafio, significa pedalar a distância de três percursos do Tour de France ou duas vezes a Race Across América. E mesmo com toda essa bagagem, Marcelo não perde a humildade:

"Não me sinto diferenciado. Sou um eterno ciclista amador, tenho medo de sobrar do pessoal" conta Marcelo sobre sua participação no Desafio 3 Horas Velo Città, que acontecerá no circuito de asfalto perfeito que possui 3.493 metros de extensão, 14 curvas e 58 metros de altimetria acumulada por volta.

O autódromo Velo Città é ideal para extrair o máximo da bike e do condicionamento físico de cada atleta, além de ser extremamente seguro. Mixirica deseja aproveitar sua primeira participação no Brasil após pedalar etapas na Rússia com mais de 30 horas de duração, num total de mais de 350 horas acumuladas ao longo das 14 etapas, para reencontrar os amigos e compartilhar essa experiência com o pelotão do Bike Series.

"Tenho mais resistência do que velocidade, por isso vou tentar ficar encaixado no grupo e fazer minha prova," acrescenta Mixirica que pedala desde os anos 90, mas ganhou notoriedade em 2015 após conquistar o recorde da travessia de bike mais rápida do Brasil entre o Monte Caburaí ao Chuí. Na ocasião, o ciclista cortou o país em 57 dias, pedalando 10.332,30 km, passando por cerca de 595 municípios de 17 estados brasileiros, numa média de 18 horas diárias de pedalada.


Comentários

  • avatar

    camila   

    camila   

    Correção no título: Velo Città se escreve separado ;)
    1 ano atrás - Denunciar




  • Relacionados