MENU

Garfos rígidos de carbono para MTB estão chegando

Todo mundo sabe que o carbono está em alta, mas será que os garfos que estão aparecendo nas provas – principalmente nas de maratonas – representam uma nova tendência ?

Há um bom tempo o PEDAL vem mostrando e destacando atletas que competem com esse “novo acessório”.

Inicialmente, o garfo rígido de carbono não é indicado para qualquer tipo de prova, e principalmente, qualquer tipo de piloto. É necessário ter habilidades para comandar a bike. Justamente pela segurança.

Calma, não é tão frágil assim como vocês devem estar pensando. A questão é o comando – dirigibilidade com uma “coisa diferente”.

É difícil, pois para quem estar acostumado a pedalar com suspensão e depois trocar por um “garfinho”, os braços não agüentam 10km de trilhas.

Pontos positivos e negativos se misturam. A frente da bike fica mais leve e ágil. Essa leveza pode prejudicar em descidas rápidas se o piloto não souber controlar bem a bike. E nunca se deve fazer comparações com uma suspensão em relação à absorção de impactos.

A novidade ainda não chegou no Brasil, mas alguns atletas do exterior que competem em maratonas estão optando por esse novo brinquedinho. Afinal, quanto mais leve a bike ficar, melhor. A famosa epidemia do baixo peso! Mas isso também leva em conta o fator estratégico de longos estradões nas provas e até mesmo algumas específicas como uphill e provas nas praias pela Europa.

Esta última por exemplo, acontece muito no inverno. Quando as florestas ficam impraticáveis e os organizadores realizam longas provas naquelas praias planas de areias duras para manter o ritmo de provas na região.

O lugar que mais tem garfos deste tipo é na Europa. O uso é muito mais intenso do que as outras partes do planeta. Inclusive os fabricantes fazem os modelos especificadamente para o mercado daquele continente.

Nesse embalo dos garfos de carbono, a indústria inova e aposta todas as fichas nessa tendência. Não que seja uma coisa que fique para sempre. Pois as suspensões não serão substituídas.

Além do pneu, tipo de bike, câmbios longos e curtos; os pilotos terão mais uma opção de material para escolher antes de competir qualquer prova.


:: Impulso sem querer: breve história

As bikes 29" deram uma ajudinha para que os garfos de carbono aparecessem sem querer. Os frame-builders (construtores de quadros independentes) fabricavam as suas bikes com os garfos rígidos de aço porque os grandes fabricantes de suspensões ainda não tinham e também não acreditavam no novo segmento.

imagem

A roda gigante ganhou novos adeptos e esquenta a indústria na fabricação de peças específicas.

Com isso, o uso dos garfos nas 29" ganhou destaque por parte dos usuários. Nesse período, alguns fabricantes apostaram na fabricação e injetaram o carbono na “classe dos rodões”. O fato curioso que chamou atenção para que também fossem fabricados e testados modelos para aro 26.

Para saber mais sobre bikes 29, clique nos links:
https://www.pedal.com.br/exibe_texto.asp?id=1062
https://www.pedal.com.br/exibe_texto.asp?id=1139


:: Os fabricantes de garfos de carbono

A Pace (divisão da Dt Swiss) foi uma das marcas pioneiras e que mais apostou no mercado. Especialista no material, ela produziu uma linha específica de garfos de carbono com suas suspensões.

A White Brothers também entrou no embalo das bikes 29" logo no início e começou a fabricar. Expandindo-se para linha dos rígidos.

O lendário Tom Ritchey não ficou para trás e produziu o seu modelo para MTB no ano passado com um dos melhores designs e mais leve do mercado: 510 gramas.

Bontrager (empresa da Trek) também já tem seu modelo, mas só é comercializado – por enquanto – na Europa.

A marca inglesa Kinesis tem o modelo Xmax com um kit opcional para v-brake. Considerado um dos mais rígidos devido a base e crown de alumínio, o garfo pesa 1200 gramas.

A Merida lançou seu garfo no ano passado para testes e somente agora será comercializado. O modelo foi melhorado e oferece dois estabilizadores, como se fossem uns arcos de suspensão para dar mais rigidez. Pesando cerca de 750 gramas, o brinquedinho custará em torno de 225 euros.

imagem

O PEDAL sempre buscou novidades para aumentar a sua gama de conhecimento sobre as mountain bikes. Os garfos de carbono é uma das grandes novidades para 2008. Mas só devem explodir realmente em 2009 e 2010. Quem saiu na frente, se deu bem!

Fotos (10)

foto 0 - Mauro Bettin Mais Fotos


Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.