MENU

XTerra Brasil Tour 2017 #12 - Paraty - Mattioli e Paty Loureiro lideram no Enduro

No próximo dia 3 de dezembro, a cidade litorânea do Rio de Janeiro, Paraty, irá sediar a última edição do XTerra Brazil Tour 2017. Cerca de 60 ciclistas já estão inscritos no Enduro, entre eles os líderes do ranking masculino e feminino, Léo Mattioli e Patrícia Loureiro respectivamente.

Foto 65923
    Thiago Lemos

“Sigo concentrado para Paraty. Sei que será uma prova lotada de gente cascuda, mas quero fechar o ano com esse título do XTerra. Estou na liderança do campeonato e não me sinto pressionado. Estou relaxado porque primeiro gosto de aproveitar o momento, as descidas, o lazer mesmo. O resultado acaba sendo consequência dos treinos e eu treino forte sempre”, avisa o mineiro Léo Mattioli, que completará 33 anos no dia seguinte à competição.

Já a paulista Patrícia Loureiro explica que a maior importância é o fato de estar ao ar livre praticando o esporte que ama entre amigos. “Certeza que a prova em Paraty será espetacular! Adoro a cidade, que tem essa pegada histórica, então será demais. Sempre me motivo no XTerra, pois gosto muito desse lance de juntar modalidades, encontrar atletas de corrida, de natação, de triathlon, vira uma grande reunião de especialistas em várias áreas. No Enduro a gente valoriza estar entre amigos e pedalar na natureza, sem muita cobrança pela vitória a todo custo. Estaremos em ritmo de fim de ano, um clima mais festivo ainda e eu me divirto demais em cada prova”, confessa Paty Loureiro, de 37 anos de idade e 22 de experiência no mundo do MTB.

Foto 65922
    Thiago Lemos

“A Patrícia tem muita experiência no Dowhill e agora está com o preparo físico ideal e se tornou uma das melhores na modalidade. É bom ter pessoas como ela, que se dedica tanto, isso ajuda a profissionalizar o esporte”, relata Thiago Velardi, o Feio, coordenador técnico da prova.

Foto 65921
    Thiago Lemos

“O Léo Mattioli é um atleta com muita habilidade na bike, é um dos mais focados no Enduro e está envolvido nesse projeto. É um cara que colhe o que planta em seus treinamentos de longa data”, elogia Velardi, que aproveita para fazer uma análise do ano de 2017, que, segundo ele, representou um crescimento na modalidade, mesmo que ainda pequeno. As etapas tiveram mais adesões e a tendência é expandir.

“Tivemos um avanço, estamos num crescente, mas tiveram outros eventos em datas próximas também que dificultaram as locomoções dos ciclistas. Mesmo assim 2017 foi positivo porque o evento foi elogiado pelos que competiram. A estrutura que o XTerra oferece é única no Brasil e eles sabem disso. Em Paraty com certeza será o ápice, acredito que chegaremos a 100 atletas. A galera tem que valorizar e o Enduro vai crescer ainda mais em 2018”, assegura.

As inscrições para a XTerra Paraty ainda estão abertas e podem ser feitas pelo site oficial do evento.


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.