home

World Naked Bike Ride - Pedalada Pelada pelo Brasil

Confira algumas cidades que fizeram o movimento


11 MAR, 2013     Guiné    



Várias cidades do mundo realizaram no último sábado (09/03), o World Naked Bike Ride, o que chamamos aqui de "Pedalada Pelada". O movimento se afirma de natureza ambiental e traz como "código de vestimenta", no Brasil e em outros países, o lema "as bare as you dare" ("tão nu quanto você ousar").

"Encarar o trânsito de veículos motorizados com os nossos corpos nus é uma boa maneira de defender a nossa dignidade e de expor os perigos que os ciclistas e pedestres sofrem diariamente, bem como as consequências que todos nós sofremos da dependência do petróleo e de outras formas de energia não renovável", diz a página oficial do WNBR na internet.

Pedalada Pelada pelo Brasil

A primeira cidade do país a realizar uma Pedalada Pelada foi São Paulo no ano de 2008. E depois deste ano, o movimento não parou, ganhando novos reforços de outras cidades importantes do Brasil. Confira como foi em algumas cidades a Pedalada Pelada de 2013.

Florianópolis-SC (Fotos: Alvarélio Korusso - Agência RBS)

Cerca de 100 pessoas participaram da Pedalada Pelada na capital catarinense. Às 18h os cicloativistas se reuniram na pista de skate em frente ao shopping Iguatemi, no bairro Santa Mônica, para pintar seus corpos com frases de impacto, como "zero CO2" e "menos motor, mais amor". O grupo circulou ruas e avenidas da cidade, o que chamou muita atenção por lá.

imagem

Porto Alegre-RS (Fotos: Emílio Pedroso - Agência RBS)

Centenas de ciclistas estiveram presentes nas ruas de Porto Alegre para pedir mais respeito no trânsito. Além disso, a ideia do protesto é expor a fragilidade dos corpos das pessoas que escolheram a bicicleta como meio de transporte. A 'Pedalada Pelada' começou às 18h no Largo Zumbi dos Palmares e percorreu algumas ruas da região central até chegar ao Largo Glênio Peres. No local, os participantes protestaram em frente ao prédio da prefeitura.

imagem

São Paulo (Fotos: Marlene Bergamo - Folhapress)

A chuva não estragou a sexta edição da Pedalada Pelada paulista, que contou com aproximadamente 200 pessoas. O grupo saiu da Praça do Ciclista e pedalou pelos bairros do Jardins e Vila Madalena, passando por algumas avenidas e ruas famosas da cidade. Durante todo o percurso, policiais escoltaram os ciclistas pacificamente, o que não ocorreu em 2011. Já em 2012 teve tranquilidade por parte das autoridades.

Durante a concentração na capital paulista, a equipe do programa Pânico tentou gravar entrevistas na praça e foi duramente repreendida. Tinta vermelha que era usada pra pintar os ciclistas foi jogada na “panicat” Ana Paula Minerato.

imagem


Fotos (16)

foto 0 -  foto 1 -  foto 2 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados