home

World Bike Tour 2014 - Participantes reclamam das bicicletas


4 FEV, 2014     Péricles    



Participantes do World Bike Tour reclamaram da qualidade das bicicletas distribuídas para o passeio. Equipamentos incompletos foram entregues aos participantes, segundo ciclistas ouvidos pelo Bom Dia São Paulo. O atraso na chegada das bicicletas fez com que evento, previsto para acontecer no aniversário de São Paulo, fosse adiado para este domingo (2).

O presidente do Bike Tour, Diamantino Nunes, disse que a organização identificou 16 pessoas que tiveram problemas e que ainda vai ser decidido se essas pessoas vão receber o dinheiro de volta ou ganhar uma bicicleta nova.

Oito mil participantes pagaram R$ 300 de inscrição cada um, o que dava direito a uma bicicleta por pessoa. Porém, os problemas dos participantes começaram antes da largada oficial do percurso de 10 km. A saída foi na Ponte Octávio Frias de Oliveira, na Zona Sul da capital.

imagem

“As bikes estavam jogadas nos canteiros, sem pneu, sem banco, toda quebrada”, afirmou diretora financeira Sueli Jacometti.

O motorista Amarildo Lacerda disse que vários ciclistas tiveram que desmontar bicicletas para montar a sua. “Está tudo com pneu murcho, roda torta, banco solto, guidão solto. Tem gente desmontando três bicicletas para montar uma”, afirmou. Segundo ele, um grupo foi orientado por policiais militares a registrar um boletim de ocorrência.

O estudante Rafael Álvares teve que recuperar peças para completar a sua bicicleta. “Peguei esse lixo. Um quadro sem pedal, banco, preciso agora de um pneu”, disse o estudante Rafael Álvares.

O organizador do passeio disse que as bicicletas foram entregues em condições de uso, horas antes do evento começar. “Nós não controlamos atos de vandalismo, mas o número de bicicletas colocadas com qualidade suficiente é superior ao número de inscritos”, disse Diamantino Nunes.

O autônomo Osni Pandori, que já participou de três edições, reclamou da assistência recebida. “Esse ano eu estou saindo empurrando bicicleta, porque não tá funcionando. O staff ficou dando risada e não fez nada. A organização desse ano que está ruim. Agora o passeio é excelente. Isso precisa ser salientado”, afirmou.

O Procon deve notificar novamente a organização do evento ainda nesta segunda-feira (3). Depois disso, os organizadores terão um prazo para se defender e apresentar as providências tomadas.


Comentários



Relacionados