home

Vendas de bicicletas - Estatísticas do mercado europeu


2 NOV, 2011     Guiné    



As vendas de bicicleta nos 27 países membros da União Européia manteve-se relativamente estável em 2010, na questão do total de vendas em unidades - tendo uma queda de menos de um por cento.

Mais de 19,4 milhões de unidades foram vendidas na Europa no ano passado, um pouco abaixo de 2009, que foi de 19,6 milhões e em 2007, cerca de 21 milhões. Mas no contexto, ouve uma alta da UE nos últimos 10 anos, de acordo com um relatório do mercado de bicicletas de 61 páginas; documento do principal órgão do continente. Mercado Europeu e o Perfil da Indústria eram as pautas, que foram ligados a um estudo econômico anual compilado por associações da indústria do velho continente.

O maior número dessas bikes ficou com Alemanha, com 21% compradas por eles; seguido pela Grã-Bretanha, França e Itália. Consumidores holandeses foram os que pagaram mais nas compras (escolhas) das bicicletas, com um preço médio de venda de 745 euros (1.000 dólares), comparado a 460 euros (617 dólares) dos alemães.

Pela primeira vez em três anos do estudo, as vendas de bicicletas elétricas estouraram, fornecendo dados concretos para um rápido crescimento no segmento. Vendas unitárias totais na UE igualaram com 588.000 Alemanha e Holanda, engolindo 63% das vendas totais. Alemanha lidera a categoria com 200.000 unidades, seguida pelos holandeses com 171.000 unidade vendidas.

A produção de bicicletas dos 27 países da UE também aumentou ligeiramente, de 12,17 milhões em 2009 em relação as 12,26 unidades no ano passado. Itália, maior exportador da Europa, abriu o caminho com 20% da produção, seguido pela Alemanha em 18% e a Holanda com 10%. A Itália também foi líder em produção de peças de bicicletas e acessórios com 35% do total de € 1.200.000.000 (US $ 1,6 bilhões), seguido pela Romênia, com 16% e Alemanha, com 15%.

O relatório também detalha os tops nas vendas, produção e tendências de emprego nos mercados dos principais países da UE, com as classificações: França, Alemanha, Grã-Bretanha, Itália e Holanda.

FONTE:
Associação Européia da Indústria de Bicicletas forneceu os dados para o Pedal.com.br .


Comentários



Relacionados