MENU

Valparaíso Cerro Abajo 2023 - Lucas Borba conquista pódio no Chile

Piloto brasileiro ficou em terceiro lugar no tradicional downhill urbano, que reuniu alguns dos melhores pilotos do mundo no Chile

Release de imprensa
Red Bull Valparaíso Cerro Abajo é o downhill urbano mais insano do planeta. Quem define é Lucas Borba, o Lukinha, que conquistou o terceiro lugar na prova, disputada neste final de semana, na mais famosa cidade do litoral chileno. O atleta, patrocinado pela Shimano, concluiu o percurso de 1,6km com o tempo de 2min18seg387, atrás do tcheco Thomas Slavik (2min16seg815) e do colombiano Juan Fernando Vélez (2min18seg300). Outro brasileiro, Gabriel Giovannini, ficou em sétimo (2min22seg614).

Foto 81465


“Estou muito feliz com o resultado. Dei a vida. Pedalei tudo que tinha. Fiz o meu melhor. Acabei cometendo alguns erros, algumas escapadas em duas curvas, que me custaram um pouco de tempo. E também não consegui fazer um obstáculo, que estava bem difícil, bem grande. Então optei, por ter mais segurança, esperando compensar o tempo perdido em algumas outras sessões”, comentou o piloto de Ibirama, em Santa Catarina, que competiu pela terceira vez na prova que reúne alguns dos melhores do mundo na modalidade.

O percurso do Red Bull Valparaíso Cerro Abajo é reconhecido pelo índice de dificuldade. Começou no topo do Cerro Carcel, passando pela Praça Bismark e Rua Atahualpa em direção à fonte de Netuno, na Praça Aníbal Pinto, no centro da cidade, onde ficou a linha de chegada. Na descida em alta velocidade, os competidores pedalaram na cobertura de uma casa, ao lado da famosa escada Boccacio, que os levou ao interior do Hotel Faro Azul, na parte mais icônica da pista.

Publicidade


Lukinha ratificou na prova o que já havia feito na classificação, quanto terminou com o segundo melhor tempo. “Ano passado eu competi aqui e terminei em sétimo (mesma posição da estreia no evento, em 2019) e sabia que, com mais experiência, eu conseguiria melhorar. Agora é seguir em frente, ainda mais motivado, para conquistar os outros degraus do pódio”, complementou o piloto que também é patrocinado por Rio do Sul, Commencal, Nomad, Tuff Cycling, Maxxis e Riders Bike Shop. Lukinha usa óculos e sapatilhas Shimano.

Após o início em grande estilo, o brasileiro terá oportunidade de subir esses degraus nas próximas duas etapas do Red Bull Cerro Abajo, que prosseguirá nas ruas de Medellín, na Colômbia, no dia 4 de março. Em seguida, a competição seguirá pela cidade de Guanajuato, no México, estreante como sede da série de downhill urbano já como palco final, no dia 25 de março.
Foto 81464


Classificação final

1 - Thomas Slavik (República Tcheca) - 2min16seg815
2 - Juan Fernando Vélez (Colômbia) - 2min18seg300
3 - Lucas Borba (Brasil) - 2min18seg387
4 - Camilo Sanchez (Colômbia) - 2min19seg920
5 - Felipe Agurto (Chile) - 2min20seg135
6 - Matias Nunez (Chile) - 2min22seg210
7 - Gabriel Giovaninni (Brasil) - 2min22seg614


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.