home

Bike Nova - Vale a pena montar em loja ?


19 ABR, 2016     Gustavo Figuereido    



Você compra uma bike nova e recebe uma caixa com o seu novo sonho de consumo dentro. Olhando para a bicicleta, você tem quase certeza que tudo está praticamente pronto, bastando instalar os pedais, colocar o guidão reto e instalar as rodas.

Feito isso, ansiosamente você veste uma roupa sai para dar uma voltinha de inauguração. Andando com a bike, percebe que as marchas não trocam direito, os freios estão ruins e os aros desalinhados. Ao passar pelo primeiro buraco, o guidão gira na mesa e você quase cai.

A verdade é que montar a bike na oficina pode parecer um desperdício de dinheiro. Afinal, vai custar no mínimo 150 reais, aparentemente não sendo condizentes com o valor cobrado para terminar um trabalho que está quase pronto. Todavia, uma montagem bem feita exige diversas etapas para garantir o perfeito funcionamento da bike, parecendo muito mais uma revisão do que uma montagem.

Apertos em geral

imagem
Para montar uma bike, torquímetro é fundamental

Apertar corretamente os parafusos de uma bicicleta é fundamental para garantir sua segurança, principalmente quando falamos de componentes super-leves de alumínio ou fibra de carbono. Mesas, canotes, trocadores, banco e todas as outras peças possuem um torque correto de aperto. Caso você não tenha um torquímetro, realizar este trabalho é arriscado. Como resultado, são comuns os casos de espigas e canotes que quebram ou escorregam da posição correta devido ao aperto inadequado, e aí o prejuízo é certamente muito maior do que o valor da montagem.

Transmissão

imagem
Gancheiras entornam fácil na caixa e devem ser conferidas

Colocar a corrente no tamanho correto e alinhar a a gancheira são passos fundamentais para garantir o funcionamento dos câmbios. Ainda é preciso conferir se o dianteiro está na posição certa, se as tensões dos cabos estão perfeitas e se o cassete, coroas e polias estão apertados como devem ser. Para o usuário comum, não faz o menor sentido ter uma ferramenta cara para alinhar a gancheira, certo ?

Não menos importante é a regulagem dos parafusos de limite dos câmbios, algo que raramente é feito na fábrica e pode ser responsabilizável por derrubar a corrente atrás do cassete, o que frequentemente destrói raios, gancheiras e cambio.

Rodas

Se sua bike vem com rodas de alta gama, muito provavelmente elas estarão montadas corretamente. Porém, em muitos casos, as rodas de uma bicicleta nova pode vir com a tensão incorreta dos raios, inclusive podendo ser causada no transporte.

Com isso, além de ter um problema de alinhamento, a roda fica mais suscetível à empenos. Caso algum dos aros entorte demais, infelizmente ele terá que ser substituído. Alinhar um aro é uma das tarefas mais complicadas da mecânica de bicicletas e, para falar bem a verdade, conseguir uma montagem perfeita envolve talento e ferramentas de alta qualidade para o mecânico.

Regulagens

imagem
É preciso a regulagem perfeita para conseguir o melhor desempenho

Sapatas mal colocada, pinças de disco mal centralizadas e conduítes longos demais são todos itens que serão conferidos em uma boa montagem. Os cubos, principalmente os que utilizam o sistema de esferas, também podem vir desregulados de fábrica, sendo alguns muito presos e outros muito soltos ou com folga. Com isso, sua bicicleta terá um funcionamento mais preciso, o que tente a aumentar sua segurança, prazer ao pedalar e a durabilidade dos componentes.

Experiência e Ferramentas

imagem
Da graxa correta para cada local ao torquímetro, um mecânico precisa de tudo

Você tem todas as ferramentas para uma montagem correta ? Se engana quem acha que basta um canivete allen. Desempenador de gancheira, chave de raio, chave de cassete e torquímetro são outras ferramentas essenciais. E a graxa para carbono ? Está na sua caixa de ferramentas ?

Experiência também é importante. Já viu alguém perder um braço de pedivela porque colocou a rosca do pedal desalinhada e forçou com a chave, criando uma nova rosca ? Como dissemos, canotes, espigas e até mesmo quadro são quebrados com alguma frequência pelo não uso do torquímetro.

Conclusão

Muitas vezes, o valor cobrado por mecânicos experientes para realizar a montagem de uma bicicleta parece não se justificar. Porém, tente ver a montagem como uma primeira revisão antes de iniciar o uso. Afinal, ela vai proporcionar para você uma bicicleta com funcionamento perfeito e provavelmente aumentará o tempo até a primeira ida á oficina. Até porque, bike nova funcionando como um relógio é uma das coisas mais legais do nosso esporte.


Comentários



Relacionados