home

USADA suspende amador americano por uso e posse de substâncias dopantes


14 DEZ, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


Enquanto no Brasil o uso de substâncias dopantes por amadores competitivos segue sem controle algum, a USADA (Agência Anti-Doping dos Estados Unidos), acaba de suspender por 4 anos o ciclista amador Thomas Luton, de 41 anos.

Porém, o mais impressionante é que a punição de Luton não veio graças a um teste de urina ou sangue em alguma competição, e sim graças a um trabalho conjunto entre a USADA e as autoridades policiais do Texas, em uma investigação de compra e venda ilegal de substâncias dopantes pela internet, em um site chamado The Anemia Patient Group (Grupo de Pacientes com Anemia).

O ciclista foi punido por uso e posse de EPO, hGH e Testosterona entre 2010 e 2012. Com isso, a parir do dia 7 de Dezembro, ele fica proibido de participar de provas com a chancela da UCI ou de outras entidades que tenham aceito o protocolo da WADA (Agência Mundial Anti Dopagem). Além disso, ele perdeu todos os seus resultados competitivos a partir do dia 16 de Janeiro de 2011.

Luton é o sexto atleta banido nos Estados Unidos por ter relação com o The Anemia Patient Group. O esquema sediado em Los Angeles era controlado por um homem chamado Brandt-Sorenso, que utilizava o pseudônimo de Eric Horowitz para comprar substâncias banidas na Asia para revenda nos Estados Unidos.


Comentários



Relacionados