home

TV Francesa suspeita de doping mecânico na bike de Primoz Roglic


20 JUN, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


O canal de televisão francês Stade 2, que afirma ter utilizado câmeras térmicas para detectar casos de doping mecânico dentro do pelotão profissional, levantou suspeitas sobre uma troca de bicicleta realizada por Primoz Roglic da LottoNL-Jumbo pouco antes de sua largada para o contra-relógio da etapa 1 do Giro da Itália 2016, prova que ele venceu com um segundo de vantagem sobre o favorito Tom Dumoulin.

imagem
Imagem da Strade Bianche que levantou suspeitas segundo o canal State 2

Segundo o canal, além da troca antes da largada, uma das imagens que levantaram suspeita durante a Strade Bianche foi justamente uma da bicicleta de Roglic.

Em uma postagem em sua página do Facebook depois do contra-relógio do Giro, o atleta afirmou que os comissários da UCI disseram poucos instantes antes da largada que a bicicleta dele estava "muito longa", saindo das medidas exigidas pela entidade. Em cerca de 20 segundos, a equipe arrumou outra bicicleta para o atleta. Todavia, a segunda bike estaria com o banco mais baixo e sem água. Ainda segundo o atleta, o visor do medidor de potência teria caído no meio do percurso.

A reportagem afirma que não está claro se a segunda bicicleta foi escaneada e que é estranho uma equipe deste nível montar uma bike fora do padrão da UCI. Além disso, a reportagem afirma que não existe controle depois da prova e que isso poderia facilitar a ocultação de uma bike "dopada", impedindo qualquer tipo de controle da UCI.






Comentários



Relacionados