MENU

Trek Émonda 2021 chega mais aerodinâmica sem comprometer o peso

Modelo ganha projeto ainda mais eficiente desenvolvido no Alpe d'Huez

     

A Émonda, bike para escaladores da Trek, sempre contou com o baixo peso como seu maior aliado. Por conta disso e da excelente qualidade da pilotagem, a bike sempre foi amplamente elogiada por ciclistas de todas os níveis.

Trek Émonda SLR 7 Disc
Trek Émonda SLR 7 Disc

Por isso, para preparar a Émonda 2021, a Trek apostou em uma nova frente de desempenho: a aerodinâmica. Assim, depois de dois anos de desenvolvimento, a nova Émonda chega com um desenho mais aerodinâmico, se aproximando da Madone SLR Disc testada pelo Pedal em 2019, sem que isso acrescente peso no quadro - ele apenas 6.8kg

Conheça mais detalhes da Trek Madone SLR e SL 2020, bike que conhecemos quando fomos visitar a sede da Trek em Waterloo.

Segundo a Trek, o resultado é uma bike que é economiza 60 segundos a cada hora rodada no plano. Nas subidas, a marca afirma que a bicicleta economiza 18 segundos por hora em uma subida de 8% - estes números são válidos para a versão SLR, modelo utilizado nas montanhas pelos ciclistas patrocinados pela marca.

Carbono OCLV 800

O carbono OCLV é uma marca registrada das bikes da Trek que já passou por inúmeras inovações. Agora, em sua mais recente e moderna versão, o OCLV 800, a marca afirma ter criado um processo de construção ainda mais avançado.

Com ajustes no lay-up, o novo produto chega a ser 30% mais resistente mantendo as mesmas características de rigidez. Isso permitiu a criação de tudo maiores, com formato aerodinâmico, sem comprometer o peso e a qualidade da rodagem - uma das maiores características da Émonda.

Aerodinâmica

Segundo a Trek, tudo na Émonda é pensado em melhorar o desempenho das bikes nas subidas. Por isso, o "palco" do desenvolvimento do novo modelo foi o mítico Alpe d'Huez, a montanha mais representativa e conhecida do Tour de France, e de quebra do ciclismo em geral.

Trek Émonda 2021
Trek Émonda 2021

Desenvolvida com computação e no túnel de vento, o novo projeto aerodinâmico, segundo a Trek, foi perfeitamente ajustado para as velocidades mais baixas das montanhas. Obviamente, isso também deixa a bike mais rápida no plano.

Guidão - Logo "de cara", o vento encontra menos resistência graças ao uso do novo guidão Aeolus RSL integrado com a mesa, desenvolvido especialmente para esta bike. O cabeamento, uma das maiores fontes de arrasto, também foi totalmente integrado e agora passa por baixo da mesa, entrando pela frente da caixa de direção.


Com isso, a configuração fica mais limpa para a passagem do ar, sem complicar demais a manutenção da frente da bike - A Trek afirma que ele é 10% mais rápido que a versão anterior.

Rodas - As rodas Aeolus também proporcionam uma melhor aerodinâmica para bike. Segundo a Trek, a Aeolus RSL 37, por exemplo, possui um novo formato de aro que é mais rápida que rodas mais altas e mais leve que rodas mais baixas. O conjunto pesa apenas 1325g, mesmo sendo 30% mais alta e 11% mais aerodinâmica que a versão anterior - de quebra, o peso caiu em 55g.

Trek Émonda 2021
Trek Émonda 2021

Tubos - Para a nova Émonda, a Trek abusou da conformação dos tubos para melhorar o fluxo de ar. Um dos destaques fica para o grande tubo inferior de perfil triangular, mas a temática pode ser encontrada em quase toda a estrutura da bike - só de olhar, dá pra imaginar o fluxo de ar passando ao redor das diversas curvas do novo quadro da bike.

Trek Émonda 2021
Trek Émonda 2021

Sem perder o espírito

Apesar da bike ter tomado um "banho" de aerodinâmica, a Trek preferiu manter o projeto mais tradicional em algumas áreas como o seat-stay, que continua sendo alto, e o canote, que não teve seu formato alterado para não comprometer seu peso e o conforto criado pela flexão do tubo.

Trek Émonda 2021
Trek Émonda 2021

Nas medidas, a Émonda aposta na geometria H1.5. Na linha da Trek, os quadros H2.0 são os mais confortáveis, com a frente mais alta e curta. Já os H1.0 são os mais baixos e aerodinâmicos, com a Émonda ficando exatamente no meio do caminho - os modelos são indicados para ambos os sexos.

Trek Émonda 2021
Trek Émonda 2021

Outro detalhe que agrada bastante aos olhos é o desenho tradicional da bike, com a traseira alta e geometria mais proporcional. Além disso, a bike passa a utilizar um movimento central T47 com rosca - algo que facilita a manutenção e evita os ruídos muitas vezes associados ao press-fit.

Project One

A Émonda SLR também está disponível para personalização pelo Project One, o programa de personalização de bikes da Trek, dando aos ciclistas a oportunidade de criar uma bike personalizada.


Versões

A nova Émonda pode utilizar quadros SLR ou SL. A Émonda SL possui a mesma moldagem de tubos aerodinâmica que a Émonda SLR, mas é feita com carbono OCLV Série 500, que é um pouco mais pesado. Geometria e projeto aerodinâmico, porém, seguem inalterados.

Émonda SL 5
Émonda SL 6
Émonda SL 6 Pro
Émonda SL 7
Émonda SL 7 eTap
Conjunto de quadro Émonda SL Disc
Émonda SLR 6
Émonda SLR 7
Émonda SLR 7 eTap
Émonda SLR 9
Émonda SLR 9 eTap
Conjunto de quadro Émonda SLR Disc

     


Conteúdo Relacionado

Comentários

Esses dados são baseados num ciclista de quantos kg e produzindo qual potência?