home

Tour do Rio 2013 #5 - Óscar Sevilla é o Campão


2 SET, 2013     Péricles    



O último dia do Tour do Rio 2013 foi de vitória brasileira, com Gregolry Panizo (Funvic Brasilinvest / São José dos Campos), pódio verde-amarelo e consagração de Óscar Sevilla (EPM-UNE – Colômbia) como grande campeão. O ciclista espanhol terminou a prova longe das primeiras colocações, mas foi rápido o suficiente para se manter como o líder no somatório dos tempos das cinco etapas do Tour e terminar com o título, simbolizado pela camisa amarela.

“Está não é uma vitória do Óscar Sevilla, mas de todos os meus companheiros da equipe EPM-UNE, que trabalharam muito bem, sempre ao meu redor”, disse Sevilla, ciclista com o currículo mais vitorioso dentre os participantes do Tour em 2013. “Está foi minha primeira competição no Brasil e estou muito feliz em vencê-la. Com certeza estarei presente no Tour do Rio em 2014”.

Cerca de 10 Km após a largada, Gregolry Panizo, Flávio Santos (Funvic Brasilinvest / São José dos Campos), Cristian Egidio (Clube Dataro de Ciclismo/Maxxis Calypso/Bottecchia Cascavel-PR) e Murilo Ferraz (Clube Dataro de Ciclismo/Maxxis Calypso/Bottecchia Cascavel-PR) escaparam do pelotão e se colocaram nas primeiras posições. Apesar do desgaste físico que não o permitiu manter o forte ritmo até o final, Flávio Ramos conseguiu terminar o Tour como dono da camisa verde (líder geral por pontos). Já os outros três brasileiros mantiveram o pique até a chegada, na Quinta da Boa Vista, com Gregolry Panizo arrancando para a vitória nos metros finais.

“O Tour é uma prova de alto nível e atualmente a principal do país. A última etapa tem muita visibilidade e queria muito vencê-la. Foi uma prova que exigiu muito esforço, mas tive energia para o sprint final”, contou Gregolry, que representou o Brasil nos últimos Jogos Olímpicos, em Londres.

Quem também terminou o Tour vestindo camisa indicativa de liderança foi João Pereira Gaspar (Ironage/Colner/Penks – Sorocaba-SP), que conquistou não só a camisa branca (líder da categoria juventude, sub-23), como também a de bolinhas (líder geral de montanha).

“Essas camisas me fazem sair do Tour mais confiante em mim. Só tenho a agradecer aos meus companheiros de equipe”, disse João.

Campeão do Tour do Rio em 2012, Kléber Ramos (Clube Dataro de Ciclismo/Maxxis Calypso/Bottecchia Cascavel-PR) terminou a edição de 2013 na 5ª colocação, o que o faz ser o melhor brasileiro na classificação geral.

“Sempre quero ganhar, mas estou contente. Os adversários, principalmente os colombianos, vieram muito fortes neste ano e infelizmente não consegui repetir o título”, disse Kleber Ramos, cuja expressão não demonstrava felicidade com o resultado.

Na classificação por equipes, a EPM-UNE (Colômbia), que conquistou três das cinco etapas do Tour, foi a vencedora, seguida pela portuguesa OFM/Quinta da Lixa/Goldentimes e pela brasileira Funvic Brasilinvest, de São José dos Campos (SP).

O Tour do Rio 2013 contou com cinco etapas, entre os dias 28 de agosto e 1º de setembro, e um total de 827 Km. A competição recebeu 108 atletas de 18 equipes – 10 nacionais e oito internacionais. Foi a quarta edição do evento que, neste ano, distribuiu uma premiação de 250 mil reais, a maior do país em na modalidade estrada.

“Este ano o Tour do Rio teve um crescimento absurdo sob o ponto de vista técnico das equipes nacionais e internacionais e tivemos quebra de recordes em relação ao tempo do percurso. O evento é um grande sucesso, pois a competição está apenas nas estradas. Fora dela, é uma grande união, todos vibramos juntos” – declarou Luísa Jucá, idealizadora e organizadora do Tour do Rio, que completou: “O ciclismo precisa de políticas públicas voltadas para o esporte como um todo. O Tour do Rio é hoje a única prova internacional de ciclismo do país que pontua para a UCI e que tem alto nível de atletas competindo”.


Comentários



Relacionados