MENU

Tour de France 2020 - van Aert é multado por comportamento inapropriado contra Sagan

Situação aconteceu depois de sprint super disputado no fim da etapa 11 da competição

A etapa 11 do Tour de France 2020 certamente teve um sprint extremamente disputado. Na aceleração final para a meta, Caleb Ewan sagrou-se vencedor pela segunda vez nesta edição da Grande Volta Francesa. Enquanto isso, a alguns metros de distância dele, uma polêmica nascia entre Peter Sagan e Wout van Aert.

Eurosport / Reprodução
Eurosport / Reprodução

Encaixotado entre as barreiras e seu adversário, Sagan utilizou o ombro de forma perigosa, segundo a organização de prova, para deslocar van Aert para obter mais espaço para acelerar. O eslovaco cruzou em segundo, mas depois foi punido pela ASO com a perda de sua colocação, dos pontos obtidos e uma multa de 500 Francos Suíços - cerca de 3 mil reais.

Irritado com o movimento de Sagan, o jovem belga reagiu xingando e mostrando o dedo do meio para seu adversário. Depois de ver as imagens da transmissão, a organização de prova resolveu multar o atleta da Jumbo - Visma em 200 Francos Suíços, pouco mais de 1100 reais, por comportar-se de "forma inapropriada".

"Em um primeiro momento fiquei tão chocado e surpreso que fiquei com raiva e usei algumas palavras não muito legais para ele. Depois, tentei explicar que aquilo não estava certo e que eu não gostei do que ele fez, mas a única coisa que voltou foram mais palavras pesadas. Foi uma conversa dura",explicou o jovem Wout van Aert, afirmando que arrepende-se de seu comportamento.

"Já é perigoso o suficiente. Eu realmente fiquei surpreso e chocado no momento. Senti algo quando estava fazendo o máximo de força, então foi realmente assustador", complementou. Peter Sagan, por outro lado, afirma que seu movimento não foi perigoso.

"Vi que as barreiras estavam bem perto, mas depois das barreiras tinha alguma coisa de marca, um poste ou alguma coisa assim. Se eu continuasse indo, com certeza teria tocado aquilo com meu guidão, então fui um pouco para a esquerda. Eu não acho que foi um movimento perigoso", afirmou.

"Depois de uma chegada assim, todos podem ter reações exageradas. É uma questão de emoções. Eu tenho experiência e tudo mais. Ele é jovem e forte, mas ele precisa ser mais relaxado", complementou Sagan.


Conteúdo Relacionado

Comentários