home

Tour de France 2020 ainda pode acontecer, mas sem presença de público

Ministra dos esportes da França afirma que decisão sobre o adiamento da principal prova do calendário ainda não foi tomada


26 MAR, 2020     Gustavo Figueiredo    
     


Com boa parte do calendário internacional de ciclismo adiado por tempo indeterminado e com os Jogos Olímpicos de Tóquio sendo postergados para 2021, o destino do Tour de France, principal competição de ciclismo de estrada da temporada, parece cada vez mais incerto. Atualmente, a França é um dos países mais afetados pela Covid-19, tendo um total de mais de 1300 mortes pela doença causada pelo Novo Coronavírus.

Foto 74773
    ASO / Alex Broadway

Porém, em uma recente entrevista ao jornal L'Equipe, Roxana Maracineanu, Ministra dos esportes de da juventude da França, afirmou que a decisão sobre o adiamento da grande volta francesa ainda não foi tomada, indicando que a competição ainda pode ser realizada, mas sem a presença do público.

"O modelo econômico do Tour não é baseado na venda de ingressos, mas sim por direitos de transmissão pela televisão", afirmou a ministra. "Durante este período de confinamento, todos estão sendo cuidadosos. Todos entendemos que devemos ficar em casa vendo televisão ao em vez de comparecer em eventos ao vivo. Por isso, não seria difícil fazer o Tour apenas pela televisão", afirmou.

Na última quarta-feira, Brian Cookson, ex-presidente da UCI, deu a intender em uma entrevista que Tour, Giro e Vuelta poderiam ser reduzidos para apenas duas semanas para que as competições pudessem caber no calendário, já que normalmente elas tem três semanas. O Tour mais curto, por exemplo, poderia ser realizado no fim de Julho ou em Agosto, segundo ele.

Apesar disso, Maracineanu reafirmou que a decisão final terá que ser tomada em breve. "O Tour é um monumento do esporte. Ainda é muito cedo para decidir. Vamos colocar todos os esforços em escalar essa montanha e depois pensar na próxima", finalizou.


Comentários



Relacionados


Mais Notícias