MENU

Tour de France 2020 #10 - Primeira vitória de Bennett esquenta disputa pela camisa verde

Atleta da Deceuninck-QuickStep conquista seu primeiro triunfo no Tour. Roglic mantém a amarela sem dificuldades

Depois de um segundo, um terceiro e um quarto lugar na edição 2020 do Tour de France, Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep) finalmente conquistou sua tão esperada primeira vitória na grande volta francesa. Mais do que isso, ele recupera a camisa verde de líder por pontos, que só para variar estava com Peter Sagan (Bora-Hansgrohe).

Foto 76280
    ASO

Com Caleb Ewan (Lotto Soudal) terminando em segundo e Sagan em terceiro, o irlandês agora lidera a classificação com 21 pontos de vantagem sobre seu adversário eslovaco. A vitória de Bennett veio depois de uma etapa plana e do costumeiramente ótimo trabalho da Deceuninck-QuickStep, equipe comandada por Patrick Lefevere que deixou seu sprinter de cara para a meta com perfeição.

"Quero agradecer à todos os envolvidos nisso, todo o time e também o Patrick por me dar esta oportunidade, e todos os que me ajudaram a chegar aqui. Eu esperei até o último segundo para acelerar, e ai percebi que estava em uma marcha muito pesada", comentou um vencedor extremamente emocionado com seu resultado.

Classificação geral

Apesar do risco imposto por uma etapa plana com altas probabilidades de tombos e ventos cruzados, o dia para os favoritos para a classificação geral foi relativamente tranquilo. A bem da verdade, os únicos ciclista prejudicados foram Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), que caiu junto com seu escudeiro Davide Formolo a 65km da chegada.

O jovem esloveno recuperou-se rapidamente, enquanto o italiano precisou de alguns minutos para voltar para a bike. Além deles, Guillaume Martin (Cofidis) também caiu, mas também conseguiu se recuperar.

Resta saber como o corpo dos atletas vai lidar com a recuperação da musculatura tendo que lidar também com machucados.

Como vimos acontecer com Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), até mesmo pequenas lesões podem complicar a vida do ciclista nas etapas subsequentes.

Com todos os favoritos para a classificação geral cruzando a linha dos 3km para a chegada em segurança, a disputa pela camisa amarela segue exatamente como ela estava no domingo:

Primoz Roglic (Jumbo - Visma) lidera está de amarela com 21 segundos de vantagem sobre Egan Bernal e 28 sobre Guillaume Martin (Cofidis). O quarto posto pertence à Romain Bardet (AG2R la Mondiale).

Próxima etapa

Amanhã, as equipes dos velocistas terão mais uma chance de vitória. Afinal, a etapa 11 terá apenas uma subida de categoria 4 e, apesar do perfil ondulado, espera-se que os sprinters tenham plenas condições de disputar a vitória - isso se uma fuga não estragar tudo.

Foto 76281
    ASO

Por ser um estágio de transição, não devemos ver grandes movimentações na disputa pela camisa amarela - a não ser em caso de quedas ou problemas mecânicos. Uma curiosidade é que linha de chegada foi posicionada depois de uma reta de 1.5km. Com isso, certamente veremos o espetáculo dos trens de embaladores armando mais uma chegada em grupo.

Melhores momentos



Resultados da etapa

1 Sam Bennett (Irl) Deceuninck-Quickstep 03:35:22
2 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal
3 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
4 Elia Viviani (Ita) Cofidis
5 Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo
6 André Greipel (Ger) Israel Start-Up Nation
7 Bryan Coquard (Fra) B&B Hotels-Vital Concept
8 Cees Bol (Ned) Team Sunweb
9 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo
10 Luka Mezgec (Slo) Mitchelton-Scott

Classificação geral

1 Primoz Roglic (Slo) Team Jumbo-Visma 42:15:23
2 Egan Arley Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 00:00:21
3 Guillaume Martin (Fra) Cofidis 00:00:28
4 Romain Bardet (Fra) AG2R la Mondiale 00:00:30
5 Nairo Quintana (Col) Team Arkea-Samsic 00:00:32
6 Rigoberto Uran (Col) EF Pro Cycling 00:00:32
7 Tadej Pogacar (Slo) UAE Team Emirates 00:00:44
8 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott 00:01:02
9 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Astana Pro Team 00:01:15
10 Mikel Landa Meana (Spa) Bahrain McLaren 00:01:42


Comentários