home

Tour De France 2019 #6 - Teuns vence em primeira chegada a alto, Ciccone rouba a amarela

Chegada ainda contou com ataque de Landa, aceleração de Alaphilippe e alguns favoritos perdendo tempo na montanha


11 JUL, 2019     Gustavo Figueiredo    
     


O Tour de France 2019 teve em sua sexta etapa a primeira chegada ao alto desta edição da grande volta francesa. No topo do La Planche des Belles Filles, Dylan Teuns (Bahrain-Merida) conquistou a vitória ao superar Giulio Ciccone (Trek-Segafredo), um de seus companheiros de fuga, na aceleração final para a meta. Além do segundo lugar, Ciccone ainda roubou a amarela de Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) por uma margem de 6 segundos - contando a bonificação por tempo e de uma corajosa tentativa de defesa de Alaphilippe no fim da subida.

Foto 72697
   ASO / Alex Broadway

A chegada ainda foi marcada por um bom desempenho do atual campeão Geraint Thomas (Ineos), que aparentemente tirou qualquer dúvida remanescente sobre sua atual forma física ao ser o primeiro entre os favoritos para a classificação geral a cruzar a linha de chegada. Mesma sorte não teve Romain Bardet (AG2R La Mondiale), que perdeu um tempo precioso e colocou em risco suas chances de figurar no pódio.

Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), que deve ter lido seu nome pintado 365 mil vezes no asfalto do La Planche des Belles Filles, também pareceu bem forte, tendo cruzado a meta apenas dois segundos depois de Thomas. Cinco segundos mais tarde, Nairo Quintana (Movistar) terminou junto com Emmanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe). Mikel Landa, companheiro de Quintana que havia atacado alguns momentos antes na subida, acabou cruzando junto com Egan Bernal (Ineos), Jakob Fuglsang (Astana) e Richie Porte (Trek-Segafredo) nove segundos depois.

Adam Yates (Mitchelton-Scott) e Dan Martin (UAE Team Emirates) cederam 14 minutos para Thomas, enquanto Rigoberto Uran (EF Education First) cedeu 18 segundos para o britânico. A revelação Enric Mas (Deceuninck-QuickStep) não andou bem, tendo perdido 33 segundos, enquanto Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma) concedeu 35.

Nas próximas etapas, o pelotão deve encarar terrenos mais planos ou mistos ao menos até o décimo quinto estágio da competição, quando os favoritos para a camisa amarela terão mais um desafio terminando nas montanhas. Porém, na décima terceira etapa, uma etapa de contra relógio de quase 30km deve movimentar consideravelmente a classificação geral.

Melhores Momentos



Resultados - Etapa 6

1 Dylan Teuns (Bel) Bahrain-Merida 4:29:03
2 Giulio Ciccone (Ita) Trek-Segafredo 0:00:11
3 Xandro Meurisse (Bel) Wanty-Gobert 0:01:05
4 Geraint Thomas (GBr) Team Ineos 0:01:44
5 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ 0:01:46
6 Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-QuickStep
7 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:01:51
8 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe
9 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:01:53
10 Mikel Landa (Spa) Movistar Team

Classificação Geral - Etapa 6

1 Giulio Ciccone (Ita) Trek-Segafredo 23:14:55
2 Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-QuickStep 0:00:06
3 Dylan Teuns (Bel) Bahrain-Merida 0:00:32
4 George Bennett (NZl) Team Jumbo-Visma 0:00:47
5 Geraint Thomas (GBr) Team Ineos 0:00:49
6 Egan Bernal (Col) Team Ineos 0:00:53
7 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ 0:00:58
8 Steven Kruijswijk (Ned) Team Jumbo-Visma 0:01:04
9 Michael Woods (Can) EF Education First 0:01:13
10 Rigoberto Uran (Col) EF Education First 0:01:15


Comentários



Relacionados