Seção de Fotos Vazia Denúncias de cartel em equipes de ciclismo - Pedal
home

Denúncias de cartel em equipes de ciclismo


15 JAN, 2007     Guiné    



A UCI – União Ciclística Internacional prepara uma queixa formal à Comissão Européia, sobre as empresas organizadoras das três “Grandes Voltas”.

Segundo a entidade, as empresas RCS, ASO e Unipublic, respectivamente organizadores do Giro d’Italia, Tour de France e Vuelta a España, e de várias outras provas, estão “atuando em cartel”.

Os “donos” das principais competições do ciclismo mundial, reuniram-se no mês passado, consumando a ruptura com a entidade máxima da modalidade, devido a divergências no funcionamento do UCI ProTour, o principal ranking do ciclismo mundial.

A esta ruptura, a UCI respondeu no seu site:
“Os organizadores das Grandes Voltas atuaram em cartel no sentido de proteger a sua posição dominante no âmbito do ciclismo profissional de estrada".

O UCI ProTour teve início em 2005, sendo aberto apenas às 20 melhores equipes do mundo, e inclui as 30 melhores competições, entre as quais as 3 Grandes Voltas.

Desde que foi criado, o ProTour foi marcado por desavenças entre a UCI, os organizadores, as equipes e as federações nacionais.


Comentários