home

Teste - Pneu Maciço Tannus Slick Hard


24 FEV, 2017     Gustavo Figueiredo     24    



Os pneus Tannus chegam com uma proposta ambiciosa: oferecer o desempenho de um pneu convencional, porém em uma estrutura maciça, que dispensa a câmara de ar, criando um equipamento a prova de furos.

A seguir, você vai ler teste feito por Rodrigo Souza, ciclista carioca que recentemente escalou 24 vezes a Mesa do Imperador e já utilizou os pneus da Tannus por mais de 2 mil quilômetros.

imagem

Ficha Técnica

Tipo: Pneu maciço
Medidas: 16'' x 1.25, 18'' x 1.25, 24'' x 1.5, 700 x 23C, 700 X 32C, 700 X 28C, 20'' X 1.5, 26'' X 1.75 e 700 X 40C
Preço: R$255 a R$339
Peso: 380g no modelo testado

O Pneu

O Tannus é um pneu maciço que não precisa ser enchido com ar para desempenhar seu papel. Isso traz algumas vantagens e desvantagens. Eles pesam 380g cada um e fica mais leve que todo o conjunto anterior (pneu + câmara + fita de aro). Isso sem contar a mini bomba e/ou cartucho de CO2, espátula e câmara reserva.

imagem

Sua instalação é bem simples, embora tenha levado uns 50 minutos para colocar o primeiro pneu. Já no segundo foi bem rápido, pois já estava com prática e levei cerca de 20 minutos.

Porém, caso quebre algum raio e seja necessário trocar o nipple a tarefa será bem mais complicada, pois diferente dos pneus comuns, ele é fixado no aro com várias "travas" sob pressão. Outra dificuldade é fazer o rodízio dos pneus, já que o processo de retirada e reinstalação não são tão simples quanto os de pneus convencionais.

Fazer uma parada obrigatória para trocar o pneu pode lhe deixar muito vulnerável devido aos assaltos, ainda mais para quem pedala a noite, mas com o pneu Tannus essa preocupação vai embora. Assim como a possibilidade do pneu furar/estourar quando se está em alta velocidade, numa curva ou descida.

O Teste

Conforto
Sair para pedalar com a certeza que não vai ficar parado por conta de um pneu furado é muito bom, porém como são maciços toda a vibração passa direto para o resto da bike quase sem nenhuma redução e às vezes fica um pouco desconfortável. O modelo Tannus Hard que utilizei é equivalente a um pneu com 115psi. Tirando a "dureza", não senti diferença nas curvas ou no asfalto molhado.

imagem

Desempenho
A perda de desempenho é facilmente percebida. São cerca de 3Km/h a 4Km/h a menos na média para distâncias curtas. Num pedal de uns 200Km isso pode representar um acréscimo de cerca de uma hora, além do desgaste físico maior. O pneu tem mais resistência com o solo e com isso você se cansa mais para tentar manter a velocidade que conseguiria com um pneu normal.

Durabilidade
A fabricante na Coreia informa que dura cerca de 15.000Km, porém o representante no Brasil divulga 10.000Km. Os meus estão com pouco mais de 2.000km e o traseiro já está começando a ficar quadrado.

Pontos positivos

- Não fura
- Baixo Peso

Pontos Negativos

- Baixo desempenho
- Dificuldade de manutenção
- Pouco Conforto

Conclusão

Ele cumpre o prometido e realmente não te deixará a pé por conta de um furo, porém você perde muito desempenho e é capaz que num pedal mais longo o tempo perdido seja mais que o suficiente para trocar de câmara de ar umas 4 ou 5 vezes.

Dependendo do perfil do ciclista os pneus Tannus serão excelentes. Caso utilizasse apenas para ir trabalhar ou treinar e tivesse um outro par de rodas normais, continuaria usando o Tannus apenas para esse fim e colocaria as rodas normais para pedalar buscando desempenho ou fazer alguma prova.

Para mais informações, acesse o site da Tannus no Brasil.

Piloto: Rodrigo Souza (Strava)


Comentários

  • avatar

    Valentim    

    Valentim    

    Hoje foi aquele dia que sonhava em ter um maciço, minha camara furou pelo aro interno e não por pelo pneu externo, tenho anti furo etc. A speed tava no trabalha e no sol, de repente senti p barulho e o estouro. Longe de casa, no trabalha, e sem reserva. Resumindo, uso a speed para trabalho, passeio e treinos, so de pneus se foram ''' hoje mais uma camara, etc.
    Conselho aos navegantes, se sua speed é para treino somente, mantenha o tradicional, caso use dia dia e mais treino. Faça como eu, junte ''' monte duas rodas reservas tradicionais para somente treinar e outra par de rodad com maciço. Pois se colocar no papel que quase td mes vai remendo, camara e talvez pneus o custo é altíssimo. Eu vou fazer isso, qdo for trabalhar roda+maciço quando treinar tradicional.

    Abraços
    Speed na veia

    20 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    Gunavingri   

    Gunavingri   

    Estou com cerca de 600km rodados e o começou a trincar em alguns lugares.
    2 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Cícero Vasco da Silva    

    Cícero Vasco da Silva    

    Boa tarde estou disposto a trocar os meus
    Mas não estou encontrando na cidade
    De limeira sp

    2 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Mário Curcio   

    Mário Curcio   

    Já é possível encontrar pneus maciços aro 26 como os da Yellow? Estou disposto a trocar os pneus convencionais da minha bike.
    2 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    clairtom   

    clairtom   

    Pessoal falando de uma prova do AUDAX, quanto menos você parar, menos vai sofrer para recuperar, é só manter o ritmo bem tranquilo, agora com chuva, acostamento ruim, lugar escuro e perigoso trocar um pneu pode ser FATAL.O tannus vale cada centavo, use só no pneu de trás, é o que mais fura.

    3 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Lucas Landim   

    Lucas Landim   

    Eu vejo muita gente falando do Tannus para desempenho ou ciclismo esportivo e esquecendo do ciclismo de transporte... Para esse fim, um pneu q não fura talvez traga muito mais benefícios quando você tem alguns fatores em questão como:
    - Tempo: Quem usa bicicleta como transporte sabe exatamente a hora que vai chegar nos locais pq não enfrenta engarrafamentos então otimizam o tempo e saem próximo ao horário previsto. Furar pneu implica em atraso;
    - Se sujar: A troca de pneu implica em sujar as mãos e, as vezes acidentalmente, a roupa.
    - Furo indesejado em local ermo: Já aconteceu comigo algumas vezes do pneu furar em local inabitado e em horários chatos como 23h... Pneu q não fura acaba com esse problema.
    - Redução das tralhas: Reduzir o que levar é realmente um fator muito interessante para quem usa a bicicleta para transporte... Sempre portar mochila ou bolsa por causa de acessórios pra bike as vezes é inconveniente (principalmente para mulheres que querem sair pra balada com bolsa minúscula)
    Eu comprei um e estou esperando chegar. Tenho na minha bike um par xing ling que me custou 75,00 o par mas o arrasto deles é absurdo! Espero que o Tannus seja melhor! Mais do que a busca por desempenho, quem usa a bicicleta como transporte quer transpirar pouco, por isso procuram ruas menos ingrimes e cometem algumas infrações pra não ter que dar uma volta de alguns quarteirões para andar da forma correta. Estou no aguardo... espero que tenha um desempenho satisfatório.

    7 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    miltoff   

    miltoff   

    Foram 4 mil quilometros percorridos com esses pneus. Desconforto, rendimento baixo e falta de aderencia depois de algum tempo são os fatores contra. A favor somente 1. Voltei feliz para o 700x25, na minha experiencia concluo que nao vale a pena. Acho um investimento caro e o desconforto eh tao grande que recomendo investir em um bom pneu com fita antifuro.
    7 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

       

       

    Bom dia pessoal! Finalmente me vejo gabaritado para dar minha opinião sobre o pneu Tannus. Faço uso desse pneu desde o início de 2017, estou terminando o segundo jogo e vou para o terceiro com certeza, não troco por outro. Com relação ao tal arrasto, ele realmente existe, mas se você não for um ciclista profissional você não vai perceber pois o arrasto se faz de fato presente acima dos 35 km /h, não que não apareça antes disso, mas você vai senti-lo de verdade a partir disso. Faço pedais de 100, 120, 135 km com 35 km /h de média (segundo o Strava) e posso afirmar vale muito mais a pena, fazer um pedal desses sem preocupação do que se sentir preocupado cada vez que sente uma pancada na roda. Pedalo na BR 116, no trecho do Vale do Ribeira e a quantidade de lascas de metal, arame e até mesmo pregos que eu já tirei do pneu desencorajaria qualquer um a sair pra pedalar. É verdade, conforto é zero, mas quem gosta de ciclismo de estrada não deve ligar pra isso, pra mim conforto é não ter que parar pra trocar pneu, não ter que levar de 2 a 3 câmeras reservas, espátula, bomba. Imaginem vocês depois de um pedal de mais 120 km, faltando ainda 30 km pra chegar em casa, um sol escaldante e um pneu furado, só quem já passou por isso sabe do que eu estou falando. Eu recomendo pessoal.
    10 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Cebo    São Paulo - SP

    Cebo    São Paulo - SP

    Roneival, pra uma motorizada pode ser bel legal, já que arreste a mais não é um problema. Faça o teste e conte para nós como ficou! :)

    11 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Roneival Gonçalves de Araújo    

    Roneival Gonçalves de Araújo    

    Não entendo de pneu mas eu quero comprar e colocar em uma bicicleta motorizada, por gentileza esta idéias valerá a pena ou não
    11 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    isnpms    Campo Grande - MS

    isnpms    Campo Grande - MS

    Belo artigo. Comecei a usar e estou gostando muito. Sou da opinião e perfil da Silvana Petri e colegas dos posts anteriores. Aprovado.
    11 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Fabio   

    Fabio   

    Boa tarde...tem pra aro 29
    11 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Silvana Petri   

    Silvana Petri   

    Eu, meu marido e meus colegas estamos utilizando esse pneus em nossas speeds há quase um ano, posso dizer que se seu objetivo é performance ele vai te atrapalhar com o arrasto um pouco maior, mas se seu objetivo é traçar longas distâncias como nós posso dizer que é a melhor opção para vc. Pesa menos que o conjunto câmara, fita anti-furo e pneu a ar, vc não precisa carregar bomba, bolsa ou câmara reserva, espátulas e etc. Seu pedal não é interrompido com furos indesejáveis. Já pedalamos em um único passeio distâncias de 200km e 300km, foi ótimo! Agora ele gasta, demora mas gasta, e não é em cima de tudo que se pode passar, coisas como pedras, metais e até fragmentos de osso de ave atropelada pode danificar a borracha e corre o risco de perder o pneu, mas mesmo com um problema desses pedalamos por 70km e ele aguentou, o quê num pneu comum teria que ter um reserva no meio do nada. Super recomendamos, não volto pros pneus que furam por nada!
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    clairtom   

    clairtom   

    Assisti vários vídeos de quem já testou, e comentários na internet
    e vou comprar dois 700x28 devido a minha bike ser uma crosstrail 700x38
    não vou precisar mudar o aro e essa medida pelos testes que vi equivale a um 25.Participo de provas de audax e levar todo esse peso. Mas a coisa mais provável que vai acontecer para estragar um bom pedal 99% vai ser o mal dito furo de pneu. .O comentário dos senhores me tirou mais dúvidas, muito bom.

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Catapora    São Paulo - SP

    Catapora    São Paulo - SP

    E já tive o azar de num Audax 300 o meu pneu furar 6 vezes. Tenho certeza que o tempo perdido com pneus furados é muito maior. Eu não sou um ciclista profissional. E eu não quero mudar opinião de ninguém. Só estou deixando a MINHA OPINIÃO. Inclusive sua opinião pessoal sobre os pneus foi muito boa. Só que faltou informações (peso do ciclista, etc..) que é um detalhe técnico muito importante quando se trata de pneus maciços.
    E uso o Tannus a 3 anos.
    E onde a Tannus fala sobre propõe a oferecer desempenho de um pneu convencional? O pneu é maciço, é diferente, é outra coisa. Nenhuma empresa faz propaganda comparativa. Você nunca vai ver em anúncio da Caloi, esta Bike Caloi é inferior a Bike Scott, Cannondale, Specialized. (só um exemplo).
    Eu conheço vários randounners que fazem Audax 400km, 600km, 1000km. usando o Tannus. Inclusive o melhor do Brasil, Marcelo Florentino Soares. (Mixirica). Quase sempre chega em primeiro usando o Tannus. E que com certeza usa pneu Tubular quando vai para uma prova onde o foco é velocidade.
    O conforto é psicológico, onde parar para trocar câmara é chato pra kct, perde tempo, além de esfriar o corpo, perdendo o tal desempenho. O pneu Tannus trepida mais sim.
    Eu prefiro pedalar 300km sem furos. Sem carregar câmaras reservas, sem carregar bomba, etc. Passando por cima de caco de vidro numa boa.. kkkkkkkkk.
    Isso é uma questão muito pessoal! Eu gosto do Tannus!

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Catapora    São Paulo - SP

    Catapora    São Paulo - SP

    E já tive o azar de num Audax 300 o meu pneu furar 6 vezes. Tenho certeza que o tempo perdido com pneus furados é muito maior. Eu não sou um ciclista profissional. E eu não quero mudar opinião de ninguém. Só estou deixando a MINHA OPINIÃO. Inclusive sua opinião pessoal sobre os pneus foi muito boa. Só que faltou informações (peso do ciclista, etc..) que é um detalhe técnico muito importante quando se trata de pneus maciços.
    E uso o Tannus a 3 anos.
    E onde a Tannus fala sobre propõe a oferecer desempenho de um pneu convencional? O pneu é maciço, é diferente, é outra coisa. Nenhuma empresa faz propaganda comparativa. Você nunca vai ver em anúncio da Caloi, esta Bike Caloi é inferior a Bike Scott, Cannondale, Specialized. (só um exemplo).
    Eu conheço vários randounners que fazem Audax 400km, 600km, 1000km. usando o Tannus. Inclusive o melhor do Brasil, Marcelo Florentino Soares. (Mixirica). Quase sempre chega em primeiro usando o Tannus. E que com certeza usa pneu Tubular quando vai para uma prova onde o foco é velocidade.
    O conforto é psicológico, onde parar para trocar câmara é chato pra kct, perde tempo, além de esfriar o corpo, perdendo o tal desempenho. O pneu Tannus trepida mais sim.
    Eu prefiro pedalar 300km sem furos. Sem carregar câmaras reservas, sem carregar bomba, etc. Passando por cima de caco de vidro numa boa.. kkkkkkkkk.
    Isso é uma questão muito pessoal! Eu gosto do Tannus!

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    RodrigoEveresting    Rio de Janeiro - RJ

    RodrigoEveresting    Rio de Janeiro - RJ

    @Catapora, Fiz o teste e peso 79Kg

    Onde falamos que o Tannus promete ser de Alta Performace? Colocamos apenas que ele se propõe a oferecer o desempenho de um pneu convencional, caso contrário eles deveriam divulgar que o pneu possui um desempenho pior que um pneu normal (Mas é obvio que isso não seria bom para as vendas, né?)
    Sem contar que no próprio site diz que Ainda proporciona conforto e fornece muita segurança Conforto de não furar, porque se falar a respeito da vibração e absorção de impactos o conforto é minimo...

    Você tem certeza que O tempo perdido com pneus furados é muito maior do que usando o Tannus? Só fazer as contas... 3Km/h a menos na sua média num pedal de 300Km seria equivalente a +/- 66 minutos. Tempo mais que suficiente para trocar o pneu umas 3 vezes. (Calculando com uma velocidade média de 30Km/h e 27Km/h).

    Minha opinião continua a mesma. Se você está disposto a sacrificar o seu desempenho para não ter que trocar seus pneus novamente, o Tannus será excelente para você.

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    New   

    New   

    É um modelo interessante, mas talvez não seja tão atraente. Acho que o maior ponto fraco é o preço. Por esse valor dá pra pegar um pneu com boa proteção e ter um peso parecido, com rolagem melhor e a única desvantagem de ter que levar bomba / co2, espátula e remendo. Ou pegar um modelo mais básico com fita anti-furo, um pouco mais pesado, porem com mais rolagem e conforto.

    Como o evento furo varia muito de acordo com as condições do pavimento, talvez só seja vantajoso para ciclistas que sofrem com furos frequentes.

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Catapora    São Paulo - SP

    Catapora    São Paulo - SP

    Eu ouvi dizer que o peso do ciclista influencia. Qual o peso do ciclista que fez o teste?
    E onde a Tannus divulga ser um pneu de alta performance????
    Eu conheço vários ciclistas Top que usam o Tannus para treinos e para provas de longa distância.
    Eu uso o Tannus 700x23 hard em longas distâncias. Pra mim é perfeito. Parar para consertar pneu furado esfria o corpo e perde muito tempo além de ser chato pra caramba. O tempo perdido com pneus furados é muito maior do que usando o Tannus. Eu não percebo muito o arrasto, eu peso 77kg. Acho que o peso do ciclista influencia. Sem contar o peso a menos, não levo mais câmaras reservas, bomba, etc. Precisei trocar um raio e consegui pelo Niple sem tirar o pneu. Pneu showww. A Tannus Brasil está de parabéns por trazer mais uma opção para nós ciclistas!!!

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Rômulo Passos   

    Rômulo Passos   

    3 a 4km/h a menos é um desempenho MUUUITO pior... Eu pensava que fosse bem menor a diferença, da ordem de 1km/h, no máximo 2. Que decepção.
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Beto   

    Beto   

    Muito interessante! Ótimo teste e conclusões
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Jorge Cerqueira   

    Jorge Cerqueira   

    Rodrigo obrigado pelas informações vou comprar o meu também só em não ficar parado e trocando pneu furada já é uma boa. Parabéns e bons giros!!!
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    RodrigoEveresting    Rio de Janeiro - RJ

    RodrigoEveresting    Rio de Janeiro - RJ

    Não usaria. O Everesting por si só já é bastante desgastante e caso furasse o pneu ainda iria descansar uns 20 minutos entre uma subida e outra :p
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Carlos Tadeu   

    Carlos Tadeu   

    Boa analise. Você utilizaria este pneu para fazer novamente o everesting ?
    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados