Teste - Mochila Deuter Attack


17 SET, 2007     Pedro Cury    



Quando a Deuter anunciou que faria uma mochila que serviria também de proteção para as costas, achamos a idéia meio estranha. A primeira coisa que vem a cabeça em um caso desses é a falta de mobilidade e praticidade. Afinal, será que vou estar confortável e protegido ? Como será usar a mochila, já que é também uma proteção ? Será que daria certo ?

imagem

A Deuter Attack é uma mochila bem compacta, com apenas 7 litros de espaço interno, mas suficiente para tudo de útil que você pode precisar numa trilha, além de um espaço para compartimento de água de até 3 litros. Existe um bolso menor para celular, chave do carro, carteira e outros itens pequenos. Um bolso maior para o reservatório e um grande bolso lateral que dá acesso a maior parte da mochila, onde cabe facilmente ferramentas, câmara de ar e um pequeno casaco. Para o capacete, ela possui uma alça especial que cabe até os maiores full-faces, presos na parte externa da mochila. Para joelheiras e cotoveleiras ela tem uma tela que se prende com duas fivelas, além de uma fita extra, onde é possível amarrar os equipamentos na parte externa também.


:: CARACTERÍSTICAS

- Peso: 1250 g
- Capacidade: 7 litros
- Material: Deuter-Hexlite 210 / Deuter-MicroRip / Deuter-Polytex
- Dimensões: 53 x 28 x 12 cm
- Sistema Shield de Proteção da coluna
- Um bolso menor com porta-chaves
- Um bolso maior com ziper lateral
- Bolso para acomodação do reservatório de água de até 3 litros.
- Reservatório de 2 litros (Streamer)
- Alças externas com fivelas para prender equipamentos
- Porta-capacete que se prende em alças plásticas da mochila. Cabe capacetes full-face
- Fita com 3 pontos de fixação para prender mais equipamento na parte externa
- Logotipo Deuter reflexivo


:: SISTEMA DE PROTEÇÃO

O sistema Shield de proteção foi desenvolvido pela própria Deuter. Uma sofisticada construção multicamadas de placas de polietileno e espumas de alta densidade conferem excelente absorção de impacto e proteção. A espuma de célula aberta do costado é mais macia e colocada de forma a proporcionar maior conforto e ventilação. Apesar da empresa dizer que a mochila não garante proteção total aos perigos do downhill, dá pra notar claramente que ela pode te salvar em situações extremas e fazer a diferença entre uma simples queda e uma lesão grave. A mochila foi aprovada pelo TÜV, que é o instituto com mais renome na Europa em testes de segurança de produtos. Também é certificada pelo CE, que é um orgão de adequação às normas de segurança da Comunidade Européia.


:: RESERVATÓRIO (STREAMER)

O reservatório da Deuter tem um design bem inteligente. Um clip prende parte do material dobrado evitando o vazamento e ao mesmo tempo permitindo que este seja totalmente aberto para limpeza. É possível limpar e secar todo o seu interior. O mesmo clip tem uma entrada para que ele seja preso em um velcro, para não ficar "sambando" dentro da mochila. A válvula que vai à boca é feita de silicone e permite um bom fluxo de líquido. Ela é protegida por uma pequena capa de plástico para evitar que entre sujeira. O reservatório também não deixou gosto de plástico na água.

Outro detalhe bem interessante é que a mangueira do reservatório não sai por um buraco na mochila, dando a volta no ombro do piloto como nas outras mochilas. Na Attack a mangueira passa por dentro da alça da mochila, evitando que fique muito exposta e prenta em algum galho ou até na própria bike no caso de um tombo.


:: O TESTE

Para fazer o teste da mochila, que é indicada para downhill e freeride, nada mais justo que ir para uma trilha de downhill. Optamos por duas opções: a Vista Chinesa, pista clássica e muito técnica. E a trilha de Vargem Grande, igualmente técnica e com muitas pedras perigosas. Ambas no Rio de Janeiro.

imagem

Para testar a mochila, convidamos o piloto Flavio Martins. Esse experiente piloto tem no currículo o hexa-campeonato estadual de downhill do RJ, na categoria Master A. Veja seu depoimento:

"Quando conheci as Mochilas Deuter há alguns anos atrás fiquei impressionado com a qualidade do material, do acabamento e das inovações destas mochilas.

O que mais me marcou foi o fato de ter apenas uma pequena área da mochila tocando nas costas criando um vão livre para a passagem do ar fazendo com que a mochila se torne muito mais confortável que as outras marcas.

Ao ver a mochila com proteção da coluna, fiquei impressionado com essa inovação nunca vista em mochilas para bicicletas, depois de acomodar e regular bem a mochila nas minhas costas fiquei mais uma vez impressionado como a mochila não incomodou ou atrapalhou a pedalada em todas as situações como descidas íngremes e saltos, mesmo utilizando um capacete full face.

Com certeza dou 5 estrelas para esta mochila, ainda mais com os acessórias para prender o capacete full face na parte externa e todo o maravilhoso acabamento e design."


:: PREÇO E GARANTIA

A Deuter dá garantia de 3 anos para qualquer defeito de fabricação. O acesso a eles é fácil, tendo site em português e telefone para contato.


:: CONCLUSÃO

Se você encara umas trilhas mais perigosas, essa mochila pode unir o útil ao agradável, servindo como uma proteção importante, um lugar para guardar suas ferramentas e ainda matando sua sede no final da descida. Para chegar na trilha não precisa mais ficar pendurando joelheiras, cotoveleiras e googles na bike, basta prender tudo na mochila. E nada mais de ficar tentando descobrir em que carro suas luvas foram parar quando você acabou a trilha e voltou pra casa.


Para informações mais detalhadas sobre o produto entre no site oficial da marca: https://www.deuter.com.br/


Fotos (20)

foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 - Mais Fotos

Comentários





Relacionados