home

Teste: Freios Avid Elixir CR 2009


18 DEZ, 2008     Pedro Cury    



Produzindo freios desde o começo da década de 90, a Avid sempre foi inovadora. Em 92 lançou o freio mais leve do mundo, na época ainda um cantilever. Depois disso ficou famosa por trazer diversas inovações como ajuste da altura das manetes de forma rápida com um botão, sistema de alinhamento de pinça (caliper), ajuste rápido de pastilha, entre outras coisas.

A própria empresa diz que fazer um freio que consegue parar a bike é fácil. O difícil é fazer isso com um freio leve, potente, eficiente, ajustável e perfeitamente ergonômico. Será que eles conseguiram ?

O destaque da vez é o freio a disco hidráulico Elixir CR, lançado há poucas semanas, já sendo parte da linha 2009. A linha Elixir conta com o modelo R e CR. O primeiro não tem todos os ajustes do segundo e nem a opção de manetes de carbono. Ambos os modelos são indicados tanto para cross-country, quanto para all mountain, freeride e downhill.

Com o lançamento do freio, também foi lançado um novo rotor, o modelo G3, mais leve.


:: Ficha Técnica

Peso das manetes + pistões: 258g traseiro, 243g o dianteiro
Peso do rotor G3 de 203mm: 185g
Peso do rotor G3 de 185mm: 155g
Peso do rotor G3 de 160mm: 104g
Peso total do sistema testado: 962g
Material: Manetes de carbono e corpo de alumínio
Óleo: DOT 5.1 ou 4
Modalidades indicadas: cross-country, all mountain, freeride e downhill.

imagem

:: Tecnologias

- Taperbore - Esta é a nova tecnologia que a Avid está adotando para a linha 2009. É um novo sistema de funcionamento interno, que promete ser mais leve, mais forte, mais controlável e dar uma maior retorno da manete.

- Pad Contact-Point Adjustment - Com esse ajuste é possível regular o ponto em que a pastilha encosta no rotor. Assim é possível ajustar em que ponto do curso da manete o freio começa a funcionar. Diferente do ajuste de altura da manete (também presente), esse ajuste permite ter uma manete alta que já freia desde o começo do acionamento ou ter uma manete realmente baixa sem que a pastilha já trave o freio.

- Tri-Align Caliper Positioning System - Esse sistema, simples e inteligente, usa arruelas cônicas para prender a pinça no quadro ou na suspensão. Assim fica muito mais fácil ajustar o alinhamento das pastilhas com o rotor, evitando que fique agarrando e fazendo barrulho. Nos Elixir as arruelas são de aço inoxidável, evitando deformações.

- Power Reserve Geometry - Essa tecnologia, já presente em outros modelos, traz o pivô da manete para bem perto do guidon. Com isso, seu dedo tem um movimento mais natural durante a frenagem e não tem a tendência de escorregar para fora da manete. Além disso, permite uma alavanca maior, precisando de menos força para acionar a frenagem.

- Facilidade de sangria - A troca de óleo dos freios (sangria), ficou mais fácil com o novo sistema de freio. Pode-se usar o mesmo kit de sangria da linha Juicy atual, que é específico para freios hidráulicos da Avid.


:: Primeiras impressões

O freio chama atenção. Vem numa caixa bonita da SRAM com a manete em destaque protegida na caixa.

A manete é preta, com detalhes em vermelho e a alavanca em carbono. A pinça também é preto e ambos vem com uma peça plástica para não deixar uma pastilha encostar na outra. O detalhe é que essa peça plástica também é um abridor de garrafas.

Os pistões vêm marcados com o número de série. Isso é sempre um indicativo de qualidade, uma vez que podem ser rastreados defeitos de fabricação durante o processo.


:: Instalação

Instalar os freios foi moleza! Só é preciso uma chave allen e uma chave thorx ( allen estrela). O grande ponto positivo é que essa chave torx, não tão popular, já vem com o freio.

O sistema de fixar a manete no guidon tem dois parafusos. Assim, não é preciso retirar as manoplas e passadores para fazer a instalação.

A maior dificuldade foi alinhar os pistões com os rotores. Apesar do sistema Tri-Align, foi preciso executar o procedimento algumas vezes para ficar perfeito.

Outro ponto interessante é que o conector do conduíte com a pinça permite que se mude o ângulo. Assim, o conduíte pode companhar melhor o tubo do quadro.


:: Manutenção

Uma outra vantagem do freio é que a troca de pastilha é feita por cima. Ou seja, não é preciso retirar a pinça do quadro ou da suspensão para trocá-la.

O par de pastilhas também é presa a um suporte de metal, podendo ser montada com precisão para encaixar na pinça. Bem mais fácil!

A nova pastilha é diferente da antiga, portanto, não adianta usar alguma que você poderia ter de reserva. Mas, ao mesmo tempo, a nova pastilha maior dá um maior poder de frenagem.

Não fizemos a sangria do freio, mas o novo sistema promete eliminar o ar todo de forma fácil.


:: O Teste

Testamos os freios em uma trilha de downhill, para exigir um maior uso dos freios. Porém, em uma bike de all mountain, modalidade cada vez mais popular.

O piloto de testes foi Edgar Freire, um atleta da elite do downhill do Rio de Janeiro. Apesar de all mountain, a bike montada possuia uma configuração mais agressiva para permitir maior velocidade e uso dos freios. Os rotores usados foram o de 203mm na frente e 185mm atrás.

Depoimento de Edgar:

"A possibilidade de alterar a altura e curso da manete é muito boa, pois permite regulagem pra quem tem mão grande ou pequena e preferências específicas. A manete de carbono tem a melhor "pegada" que eu já experimentei, pois não adianta nada ser leve e não ser ergonômico. O freio funciona muito bem, sem variação da alavanca durante a frenagem, com modulação e força suficiente para parar quando precisar. Um disco menor poderá dar conta do recado se o usuário quiser diminuir ainda mais o peso."

Quando um produto promete muitas coisas, costumamos ficar desconfiados e procurar por defeitos, mas o teste provou que tudo o que foi prometido pela Avid foi cumprido. Os resultados foram acima do esperado.

imagem

:: Garantia

A garantia para os freios é de 2 anos. Essa cobertura vale para produtos comprados através de revendedores autorizados pela Proparts, distribuidora oficial da marca no país.

Para produtos comprados em outras lojas, no Brasil ou no exterior, a garantia é dada apenas na loja onde eles foram comprados.

A Proparts atende clientes que não compraram o produto através de sua importação e revenda, porém são cobrados custos de peças e manutenção.


:: Onde comprar

As principais lojas revendedoras da marca são:

Pedal Power - São Paulo - SP
Mega Bikers - Jundiaí - SP
Atlântico Bike - Lauro de Freitas - BA
Dal Castel Bikes - Bento Gonçalves - RS
Nakashima Bike - Mogi das Cruzes - SP
Pedal Urbano - São Paulo - SP
Tripp Aventura - Belo Horizonte - MG
Harpia Adventure - Passa Quatro - SP
Pedal Sport Poços - Poços de Caldas - MG
Bike Rei - Feira de Santana - BA
Ciclista JC - Ceilândia - DF
New World Bike - Salvador - BA

O cliente pode encomendar os freios em qualquer revendedor autorizado da marca.

Veja endereços e telefones das lojas em https://www.pedal.com.br/lojas.


:: Conclusão

O freio Elixir CR tem como ponto principal seus diversos ajustes. Fica muito mais confortável ter um freio a disco quando podemos ajustar tudo sem ferramentas a hora que quiser. Quando as pastilhas estiverem mais gastas, basta girar com a mão o ajuste de ponto de frenagem e pronto: seu freio está no mesmo ponto que sempre esteve!

Mas além dos ajustes fáceis, é leve, bonito e oferece um poder de frenagem alto. A vantagem é que usando discos menores, de 160mm ou quem sabe até de 140mm, é possível ter frenagem suficiente para cross-country e all mountain e com uma redução de peso maior nos rotores e adaptadores.

Apesar da marca possuir um freio específico para downhill e freeride, é possível que alguns profissionais do downhill usem os Elixir nessa temporada.


Fotos (24)

foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 - Mais Fotos

Comentários





Relacionados