Teste - Capacete Troy Lee Designs A1


19 FEV, 2016     Gustavo Figuereido     2    



Utilizado por grandes nomes como Jared Graves e Nicolas Vouilloz, o A1 é um capacete voltado ao público do All Mountain e Enduro, fruto de alguns anos de desenvolvimento de seu fabricante, a Troy Lee Designs. Seu projeto inclui diversas soluções e tecnologias para aumentar não só a segurança, mas também o conforto do piloto.

imagem

Tecnologias

Proteção

Casco - Cobertura de policarbonato com miolo reforçado com filamentos aeroespaciais;
Cobertura - Cobre uma grande área da cabeça, trazendo proteção extra para a têmpora e partes mais baixas do crânio;
Certificações - CPSC 1203, CE, EN 1078, AS NZ 2063: 2008.

Fluxo de ar

Entradas - 8 entradas de ar pressurizadas;
Saídas - 8 saídas de ar que utilizam um vortex para criar vácuo;
Ventilação - Passagens de ar profundas mas manter um fluxo direto.

Conforto

Estabilizador traseiro - Sistema de trava com +/- 20 mm de movimento (60mm horizontal, 20 mm vertical);
Viseira - Ajustável em +/-.1”/25 mm;
Fit customizável - Suporte interno com três posições diferentes.
Forração - Feito em uma peça, o forro é extra-confortável, anti-microbiano e tem alta capacidade de absorção de suor.




Características

Cores - Camo Desert, Camo Midnight, Drone Turquoise, Drone Yellow, Drone Cyan, Drone Gray, Drone White, Galaxy Blue, Galaxy Red, Pinstripe Rocket Red, Pinstripe Matte Army Green.
Peso - 344 g (declarado) - 377g (averiguado)
Tamanhos - XS/SM - MED/LG - XL/XXL
Viseira - Ajustável e removível
MIPS - Não disponível
Preço - Em torno de US$ 140

imagem

Impressões Iniciais

Como era de se esperar, o capacete chama atenção pelo seu grafismo e acabamento. Nosso modelo é preto fosco com detalhes em laranja. Além de ser fosco, o material tem um toque diferente, que não parece um plástico barato qualquer. O capacete tem 11 opções de cores / grafismo, muito atrativos, que é marca registrada da Troy Lee Designs.

As tiras de fixação vem com um tamanho um pouco maior do que o necessário, bastando cortá-las. A marca também poderia ter feito um sistema um pouco mais bonito para deixar as tiras mais lineares até o queixo, ao invés de torcidas. Frescura ? Sim... mas algo que gostaríamos de ver para uma marca onde a estética visual é tão atrativa.

O capacete dá uma impressão mais robusta e ao colocar na cabeça, parece um pouco grande visualmente, especialmente visto de frente para quem tem rosto fino. Porém, essa impressão foi logo apagada depois que vimos as fotos em uso.

A parte traseira realmente nos agradou, tanto visualmente quanto em área de cobertura da nuca. O forro tem a grande vantagem de ser em peça única. Mais fácil de lavar sem perder diferentes partes.

O capacete não tem nenhuma tecnologia de proteção diferente do normal, como MIPS ou materiais internos.

O Teste

imagem

Testamos o capacete em diversas situações do dia-a-dia de quem pratica o all mountain. Colaborando com a herança de competições da marca, também usamos em uma competição de cross-country.

Em termos de conforto, não temos nenhuma reclamação. O sistema de ajuste funciona bem, deixando o capacete no lugar mesmo nos trechos mais técnicos.

Uma reclamação geral desse capacete é sobre a falta de ventilação. Diferente de um modelo de cross-country, realmente não tivemos nenhuma sensação de ventilação, mas isso não é uma novidade para capacetes mais robustos voltados pra enduro. De 3 pilotos de testes, 2 relataram ser uma capacete mais quente que o normal e outro não se incomodou.

Também esperávamos que a viseira subisse ao ponto de deixar apoiar o goggle. Ela sobe, mas não a esse ponto. Uma vantagem é que as ventilações traseiras não são tampadas pela tira do goggle.

Pontos Positivos

- Design e grafismo
- Área de proteção

Pontos Negativos

- Viseira não sobe ao ponto de apoiar os goggles
- Pouco ventilado

imagem

Conclusão

Como era de se esperar da Troy Lee Designs, o A1 é um capacete que se destaca pelo grafismo, mas não deixa de lado o conforto e segurança.

Sua cobertura de proteção é bem ampla, porém não traz nenhuma inovação nesse quesito. Por ser um capacete para enduro, esperávamos também que a viseira subisse mais. Alguns pilotos também acharam pouco ventilado.

Site Internacional: http://www.troyleedesigns.com/bicycle/helmets/a1-helmets
Onde Comprar: Chain Reaction (internacional)
Pilotos:
Edgar Freire
Pedro Cury
Rodrigo Tiuma

Vestuário

Camisa Troy Lee Designs Ruckus, bermuda Troy Lee Designs Ruckus, luvas Troy Lee Designs XC, joelheira Specialized Atlas, meias Troy Lee Designs.


Fotos (3)

foto 0 - foto 1 - foto 2 -

Comentários


  • avatar

    utR    Brasília - DF

    utR    Brasília - DF

    Possuo um e minha unica critica é em relação as tiras ficarem dobradas, inclusive foi citado no review, mas como é só estética acabo relevando. O capacete é excelente!
    A questão de ser quente, pouca ventilação eu não tenho nada a reclamar, talvez existam capacetes melhores nesse quesito mas as entradas do A1 são suficientes, não sofro nenhum incomodo com calor e falta de circulação.
    Alem da estética, o capacete é bem confortavel.
    O meu é drone green.

    3 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    BIRA    Siqueira Campos - PR

    BIRA    Siqueira Campos - PR

    Tenho um. Não gosto da cinta jugular dele (a parte que passa perto das orelhas) pois quando é engatado fica puxando. Dá um certo desconforto.
    7 mes(es) atrás - Denunciar





  • Relacionados