home

Teste - Capacete Bontrager Specter WaveCel 2019

Confira os detalhes deste capacete indicado para ciclismo de estrada e MTB com tecnologia de proteção WaveCel


17 SET, 2019     Gustavo Figueiredo    
     


Criada para melhorar a capacidade de proteção da cabeça do ciclista, a tecnologia WaveCel da Bontrager, marca de acessórios pertencente a Trek, chegou ao mercado com a promessa de reduzir em até 48 vezes as chances de um ciclista sofrer uma concussão. O modelo chegou acompanhando de uma campanha cujo slogan é: "Você só tem um cérebro".

Foto 73365

Segundo o pessoal da Bontrager, a tecnologia WaveCel precisou de quatro anos para ser desenvolvida e contou com a ajuda de especialistas em lesões cerebrais. O resultado final é uma camada de colmeias deformáveis feitas de um material plástico com uma cobertura de EPS (Isopor). De acordo com um estudo independente sobre a segurança dos capacetes WaveCel, a tecnologia reduz consideravelmente as chances de concussão durante um impacto, principalmente os não lineares.

Durante o estudo, foram utilizados três tipos de capacete: um convencional (controle), um com MIPS (SLIP) e o WaveCel (CELL). O resultado indica que os capacetes com MIPS reduzem as chances de lesão causadas por impactos angulares entre 32% e 91%. Já os capacetes com WaveCel reduzem esta probabilidade entre 81% e 98%. O resultado disso é que todos os capacetes equipados com a tecnologia receberam a nota máxima de segurança na avaliação da Virginia Tech.

Tendo dito isso, restava para nós do Pedal.com.br avaliarmos como toda esta nova tecnologia se comporta na vida real, resultado que você conhece no teste a seguir.

Tecnologias

WaveCel - Com certeza, o maior destaque deste capacete é a nova tecnologia de absorção de impactos. Confira como ela funciona no vídeo abaixo:



Fidlock - Trata-se de uma fivela magnética que se encaixa apenas aproximando ambas as partes. Para soltá-la, basta puxar.

Foto 73363

Sistema de retenção BOA - Sistema de retenção com regulagem de pressão e altura para a trava da nuca.

Foto 73371

Espumas extratoras de suor - Segundo a Bontrager, as espumas do capacete possuem alta capacidade de puxar o suor

Foto 73370

Garantia em tombos - O Crash Replacement Guarantee proporciona uma troca gratuita caso seu capacete seja envolvido em um acidente durante o primeiro ano de propriedade

Ficha Técnica

Tamanhos: P (51-57cm), M (54-60cm), G (58-63cm)
Sistema de retenção: Fit System Boa
Material do enchimento de ajuste: Almofadas extratoras de umidade
Tipo de Fivela: Fivela padrão
Peso divulgado: 322g (P), 341g (M), 380g (G)
Peso aferido: 357g (M)
Preço sugerido: R$ 849,00

Impressões iniciais

O Bontrager Specter WaveCel é um capacete bem construído, com todas as peças e acabamentos encaixando-se sem rebarbas. A presença da nova tecnologia e o acabamento bem feito criam um ar de produto de elevada qualidade para o modelo. A parte interna do WaveCel, ao contrário do que pode-se imaginar, não é afiada ou machuca a cabeça. Isso acontece porque, do lado de dentro, as nervuras possuem um arredondamento que tira qualquer canto vivo que poderia machucar. O sistema de retenção agradou pela qualidade, e os separadores das tiras possuem uma prática trava de abertura que permite ajustes precisos.

Foto 73368

A fivela magnética Fidlock é um conceito interessante, facilita a abertura e fechamento do capacete. Porém, como a maioria das pessoas apenas fecham e abrem o capacete apenas uma vez no rolé, nos faz questionar se vale o peso extra. Mesmo sendo pouco peso, essa fivela não está presente nos modelos mais leves. Falando nisso, com o peso adicional do WaveCel e da fivela, o modelo testado bateu a casa dos 357g, certamente na casa dos capacetes pesados.

No mais, o modelo agradou pelo acabamento, mas nem tanto pela cor. O amarelo neon no casco e na parte interna é chamativo demais, o que pode ser um ponto positivo no trânsito, mas acaba deixando o visual meio cansativo e praticamente impossível de ser fotografado. O próprio WaveCel dentro do capacete também cria um visual meio "Marte Ataca" que pode não agradar a todos. Além disso, ele nos pareceu meio grande e, se você tem a cabeça pequena, a aparência de cogumelo neon fica inevitável.

O Teste

O WaveCel foi testado por nossa equipe em diversas situações em estradas e trilhas, o que permitiu avaliar o modelo em dias quentes e frios em diversas velocidades. Com isso, conseguimos tirar importantes conclusões sobre o modelo.

Foto 73417
   Pedro Cury

Conforto

Apesar de ser pesado na mão, a massa adicional do Specter não chegou a incomodar nas pedaladas, principalmente graças ao incrivelmente confortável e eficiente sistema de retenção. Para nós, trata-se do maior ponto de destaque do modelo. Ao menos para nosso formato de cabeça, o ajuste foi preciso e, mesmo apertando o ajustador BOA com mais pressão do que o necessário, não sentimos nenhum ponto de pressão maior - ele abraça o crânio igualmente em todas as direções.

Esta eficiência se traduz em um capacete que fica estável na cabeça mesmo em trilhas esburacadas, algo que nem sempre acontece, principalmente com modelos mais pesados. Por outro lado, alguns detalhes da tecnologia realmente requerem algumas adaptações.

Como alguns outros testes já destacaram, o WaveCel não permite que você coce a cabeça, mas este detalhe não incomodou. Porém, a incapacidade de prender um óculos nas aberturas de ventilação não é legal e pode atrapalhar em alguns momentos críticos como subida duras em dias super quentes, onde tirar o óculos da cara ajuda a ventilar e a evitar suor nas lentes.

Resfriamento

Como era de se imaginar, o vento não circula muito bem dentro do Specter WaveCel. A bem da verdade, só é possível sentir alguma ventilação se você olhar diretamente para baixo, permitindo que o ar passe por dentro das nervuras de proteção. Apesar disso, o capacete não é super quente como alguns modelos aero e sua capacidade de sumir com o suor realmente pareceu funcionar.

Foto 73366

Tendo isso em mente, talvez o modelo seja mais adequado para uso em climas mais frios e em pedais com a velocidade mais elevada, onde a temperatura não é um problema crucial.

Pontos positivos

- Segurança
- Sistema de retenção

Pontos negativos

- Peso
- Impossibilidade de prender o óculos

Conclusão

Um pouco mais quente, pesado e com algumas limitações quando comparado à um capacete convencional, o Specter WaveCel inicialmente pode parecer não ser uma boa compra. Porém, acreditando ser um capacete significamento mais seguro que os tradicionais, os pontos negativos simplesmente tornam-se irrelevantes.

O grande problema é que o assunto "avaliação de testes de segurança de capacete" ainda é bastante controverso e, no próprio protocolo da Virginia Tech, um capacete mais barato mostrou-se tão seguro quanto o Specter. Em testes realizados pela própria MIPS, os capacetes WaveCel tiveram um desempenho semelhante aos da MIPS.

Porém, em todos os testes, os modelos Bontrager com WaveCel colocaram-se entre os melhores capacetes do mundo no quesito segurança e, por conta disso, ele segue em nossa escolha pessoal de equipamento, sendo utilizado em diversas ocasiões por nossos pilotos de teste. Afinal, você só tem um cérebro e é melhor prevenir do que remediar.