home

Tenneco, ex-proprietária da Marzocchi, anuncia compra da Ohlins

Multinacional automotiva compra uma das marcas de suspensão mais lendárias do mercado


16 NOV, 2018     Gustavo Figueiredo     1    
     


Em um anúncio que pegou a indústria e a mídia de surpresa, a Tenneco, Inc afirma ter chegado a um acordo para comprar a maior parte das participações da Öhlins Racing AB, que passaria a ser uma subsidiária da Tenneco - a notícia surpreende porque, em 2015, a empresa vendeu Marzocchi para a Fox Racing Shox por conta da baixa competitividade de seus produtos.

Foto 70131
   Pedro Cury

Fundada em 1976 por Kenth Öhlins, o fabricante atingiu um status extremamente elevado no mundo dos esportes off-road, principalmente por seus produtos de qualidade extremamente elevada. Segundo a empresa, as equipes de desenvolvimento e produção da Öhlins, bem como sua diretoria, deverão ser mantidas, com a transição gerando pouco impacto para o consumidor final - a maior diferença seria o maior fluxo de recursos, capacidade produtiva e melhor distribuição.

Vale destacar que a Tenneco é um conglomerado automotivo internacional que já possui duas marcas de suspensão, a Monroe e a Rancho - o grupo havia tentando entrar no mercado das duas rodas com a compra da Marzocchi em 2008.

"Juntas, Öhlins e Tenneco serão uma constelação muito forte. Depois de pensar bastante, levei em consideração a força das duas empresas e tomei a difícil decisão de vender o trabalho da minha vida. Estou absolutamente convencido de que vamos desenvolver um futuro positivo e que a Öhlins vai se beneficiar da entrada da Tenneco com novas oportunidades", afirmou Kenth Öhlin.

A finalização da compra deve acontecer no início de 2019, depois que o processo passar pela aprovação de agências reguladoras e outras burocracias.


Comentários

  • avatar

    rafael_rtg    Itapeva - SP

    rafael_rtg    Itapeva - SP

    Não é tanta surpresa assim, a Öhlins produz amortecedores e suspensões preparadas para Motos, Carros, e também para bikes de Mtb's... Não é difícil imaginar um cenário que ela possa vender esse setor das bikes para um terceiro, assim como fez com a Marzocchi, e foque apenas no mercado de carros e motos....
    1 ano atrás - Denunciar




  • Relacionados