home

Tecnologia ANGi de capacetes da Specialized chama socorro em casos de acidente

Com tecnologias de detecção de impacto, sinalização de segurança e rastreamento, capacete promete mais segurança para ciclistas


28 NOV, 2018     Gustavo Figueiredo     4    
     


A Specialized acaba de apresentar uma nova tecnologia de capacetes que promete aumentar a segurança de ciclistas de diferentes modalidades. Batizado de ANGi (Angular e GForce indicator), o dispositivo promete ser capaz de detectar impactos. Em casos mais graves, o sistema é capaz de mandar uma mensagem para seus contatos do celular, indicando sua localização.

A apresentação foi feita por uma nota oficial para a imprensa que você confere abaixo na íntegra.

Vídeo de apresentação



Release para a imprensa

Lançamento: Capacete Specialized ANGi - O Novo Guardião

Numa situação de emergência, o capacete Angi chama pelo socorro, graças as tecnologias de detecção de impacto, sinalização de segurança e rastreamento. Isso que é segurança para você!

Foto 70372
   Divulgação

“Segurança” é o nome do jogo quando se trata de criar capacetes de ciclismo, mas para obter eficiência, seu design precisa ter mais do que uma fortaleza de espuma. São necessárias tecnologias de ponta, pesquisas ergonômicas e um intenso trabalho aerodinâmico para criar os designs mais confortáveis, respiráveis e atraentes.

Ultimamente os capacetes apenas adicionavam segurança durante um impacto. Mas com a adição do MIPS e o inovador sensor ANGi (Angular e GForce indicator), os capacetes da Specialized agora acrescentam proteção antes, durante e depois de um impacto. "Transformamos o capacete moderno em um dispositivo de rastreamento, detector de impacto e sinalizador de segurança que lhe conecta para ajudar quando você mais precisar" - diz à Specialized.

Foto 70371
   Divulgação

O que é o ANGi?

ANGi é um sensor patenteado de capacete que possui um acelerômetro embutido e um giroscópio. De forma mais simples, ANGi tem um sensor inovador que mede as forças transmitidas ao seu capacete durante um impacto. Ele também mede as forças rotacionais prejudiciais que ocorrem durante impactos quando não há nenhum impacto ao seu capacete. A partir de 2019, todos os capacetes Specialized serão equipados com o ANGi ou terão um suporte para ele. Também será possível comprar o sensor separadamente em revendedores Specialized e pelo site Specialized.com.

Como o ANGi funciona?

É simples. Basta parear o ANGi com um smartphone equipado com o Specialized Ride App e desfrutar da assinatura premium gratuita com vigência de um ano na compra de qualquer capacete Specialized equipado com ANGi ou na compra avulsa de um sensor ANGi. E durante o seu pedal o sensor ANGi detectará os tipos de forças comumente associadas com um impacto. Se elas forem identificadas o sensor conectará ao Ride App no seu celular, que soará um alarme e iniciará uma contagem regressiva. Se você estiver bem, pode apenas cancelar a contagem e continuar pedalando. Se você estiver machucado e não conseguir cancelar a contagem, o Ride App irá enviar um alerta de texto para seus contatos de emergência.

Além de notificar os seus contatos de emergência o ANGi e o Ride App enviarão sua localização, através de coordenadas de GPS, para todos os contatos que você salvou no aplicativo. O ANGi também lhe permite compartilhar seus planos antes de sair para um pedal. Você também pode escolher dar aos seus contatos um link para rastreamento ao vivo para que eles possam acompanhar o seu pedal em tempo real.

E como o ANGi se comunica através de um provedor de telefonia e necessita de um sinal em todo o tempo para sua funcionalidade completa, você pode estar se perguntando o que acontece se você for pedalar onde não há cobertura. Bom, neste caso, o ANGi pode monitorar sua segurança de maneira diferente. Apenas defina seu tempo estimado de pedal antes de sair. Tudo o que você precisa é um sinal ativo de dados quando iniciar sua sessão. Se você não tiver completado o seu pedal dentro daquele tempo, o ANGi enviará uma notificação aos seus contatos com sua última localização salva. Isso acontecerá independente de você ter cobertura ou não.

Foto 70370
   Divulgação

Quais capacetes possuem o ANGI?


Vários capacetes de estrada, montanha e infantis agora vêm equipados com o sensor ANGi em seus sistemas de ajuste. São eles:

ESTRADA: S-WORKS EVADE II, S-WORKS PREVAIL II e PROPERO III

MONTANHA: AMBUSH, AMBUSH COMP e DISSIDENT

INFANTIL: SHUFFLE YOUTH LED (DISPONÍVEL EM FEVEREIRO)

Todos os outros capacetes 2019 da Specialized são compatíveis com o ANGi e possuem um suporte especialmente projetado que o torna fácil e rápido o encaixe de um sensor ANGi comprado separadamente.

Foto 70369
   Divulgação

100% MIPS. 100% Specialized

MIPS agora é uma opção em todos os capacetes da Specialized. Por quê? Porque MIPS acrescenta proteção. Duas forças – linear e rotacional – são associadas com muitos ferimentos cerebrais. Forças lineares geralmente ocorrem quando sua cabeça está se movendo em linha reta e para repentinamente ou é atingida por um objeto em movimento.

Por outro lado, as forças rotacionais ocorrem quando sua cabeça é atingida com um ângulo ou quando gira rapidamente e então para repentinamente. Isto pode fazer com que o cérebro se mova dentro do crânio e seja ferido. Por muito tempo, os capacetes foram equipados com forro acolchoado que se deforma ao sofrer um impacto, reduzindo a transferência de energia para o cérebro.

Foto 70368
   Divulgação

No entanto, o MIPS (Sigla em inglês para Sistema de Proteção contra Impactos Multidirecionais) é uma camada extra de proteção. É um forro interno de baixa fricção dentro do capacete que permite que o forro acolchoado seja rotacionado de forma independente do forro MIPS (de 10 a 15mm) durante um impacto angular. Testes independentes mostraram consistentemente que estes poucos milímetros de movimento controlado reduzem algumas das forças de torção que seu cérebro poderia sentir sem ele. Olhe dentro de qualquer um dos capacetes com MIPS e você verá uma variedade de camadas de baixa fricção abaixo do acolchoamento de conforto. E, ao passo que há vários tipos de camadas MIPS, cada versão atende os mesmos padrões de segurança

Sobre a Specialized - A Specialized foi fundada em 1974 por ciclistas, para ciclistas. Com base no norte da Califórnia, seu foco está nas necessidades dos praticantes, produzindo produtos funcionais e tecnicamente avançados, que fornecem um benefício de desempenho.


Comentários

  • avatar

    Ivonete Monteiro de Castro    

    Ivonete Monteiro de Castro    

    Uauuuu eu quero um capacete desse
    12 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Juan Quintás   

    Juan Quintás   

    Os dispositivos da Garmin já fazem algo parecido, utilizando o acelerômetro da linha Edge ( 820) e a conexão Bluetooth com o smartphone, interligado ao aplicativo Garmin connect, se ele detecta um acidente ele compartilha a sua localização e envia uma msg aos seus contatos de segurança, isso tudo teoricamente sem a necessidade de pagar uma mensalidade para a Garmin, eles também fornecem o sistema de monitoramento em tempo real com o Garmin live track ( de forma gratuita, apenas necessitando de sinal de internet ), esse sistema de monitoramento em tempo real também e fornecido pelo aplicativo mais famoso entre os ciclistas, o Strava, utilizando o Beacon ( em assinaturas Premium) ele compartilha a sua localização em tempo real, e a mensalidade e bem baratinha.
    12 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Artur   

    Artur   

    Não é novidade, no Brasil mais precisamente na ESALQ Piracicaba existe pesquisa bem estar de suínos por volta de uma década, onde destaca-se a Dra Isabella CFSC por hora nos USA desenvolvendo seu doutorado. Só muda o objeto da aplicabilidade. Portanto temos essa tecnologia a algum tempo.
    12 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Tutti Fonseca   

    Tutti Fonseca   

    Que o preço não nos afaste da segurança que ele promete. É uma grande idéia e tomara chegue por aqui.
    12 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados