home

Taça Brasil de MTB XCO 2018 - Avancini e Letícia Cândido são campeões


26 FEV, 2018     Gustavo Figueiredo     2    
     


Aconteceu no último fim de semana em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, a Taça Brasil de MTB XCO 2018, prova que marcou o primeiro embate entre os melhores atletas do MTB nacional e viu Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) sagrando-se campeão, com Guilherme Mulller (Sense Factory Racing) em segundo e Luiz Cocuzzi (Lar / Scott) em terceiro.

Foto 66732

"Conquistei minha primeira vitória do ano, na Taça Brasil de XCO, prova classificada como C2 na UCI (União Ciclística Internacional), o que me garantiu mais 30 pontos no ranking mundial. Ainda tenho que melhorar algumas coisas, mas estou em um bom caminho em física, técnica e mentalmente", afirmou Avancini.

O segundo colocado Guilherme Mulller também comemorou o resultado. "Ache a prova bem bacana e me senti muito bem. Sai com o segundo lugar em uma pista exigente em um dia em que o sol estava castigando. Fiquei feliz com a forma que andei e por ter tirado tempo dos meus adversários", afirmou o atleta que ainda viu seus companheiros Rubens Valeriano e Mario Couto fecharem com a quarta e oitava colocação respectivamente.

Foto 66736
Mario Couto   Pedro Cury

"A prova foi muito dura com uma pista técnica, rápida e que minava a cada volta. Fiz uma largada ótima e me posicionei entre os 6 primeiros, mas depois cai pra décimo. Consegui recuperar o tempo mesmo depois de um tombo que me deixou tonto. Mesmo assim conquistei mais alguns pontos UCI", afirmou Mario Couto, oitavo na super elite e vice na Sub23.

Feminino

Entre as mulheres, a vencedora foi Letícia Cândido (Audax / FSA), com Viviane Favery em segundo e Karen Olimpio (Team Oggi/Isapa), campeã na Sub23, fechou na terceira colocação.

Foto 66733

"Fiquei satisfeita com meu desempenho na prova, porque foi uma evolução comparando com a última disputa. Ainda estamos no início da temporada, buscando atingir o pico de forma física na metade do ano, para o Campeonato Brasileiro, em julho. Ou seja, um trabalho diário de ajustes, evoluindo a cada corrida", afirmou Favery.

Foto 66735
Disputa no feminino

Nas categorias de base, Marcela Lima (Groove/Shimano) faturou o título da júnior, enquanto Giuliana Morgen (Sense Factory Racing) conquistou a vitória na juvenil. "Um resultado que me dá uma motivação a mais para seguir minha preparação para o restante da temporada. É perceptível minha evolução, mas a cada passo a frente vejo o quão mais tenho que melhorar", destacou Marcela Lima.

Foto 66734
GiuGiu Morgen estava voando

A caçula do Shimano Sports Team, Giuliana Morgen, também comemorou seu feito. "Fiquei muito feliz com o meu desempenho na Taça Brasil de XCO, em Campo Largo. Larguei na bateria junto com as categorias infanto-juvenil e júnior feminino, além da minha, a juvenil. Pude ser a campeã geral entre as três categorias, liderando desde o começo até o fim, e assim fiz uma prova constante e sem erros", explicou Giuliana.

Resultados completos no site da UCI.







Comentários

  • avatar

    eduardo lucio   

    eduardo lucio   

    Esse Avancini é demais
    1 ano atrás - Denunciar




  • Relacionados