home

Taça Brasil de MTB 2013 - Disputa da elite


22 MAI, 2013     Pedro Cury    



A disputa da elite na Taça Brasil foi um espetáculo a parte. No palco, 18 pilotos na categoria masculina e 9 na feminina mostraram um show de técnica e força.

Elite Masculino

Como já era esperado, Rubinho e Henrique Avancini travariam uma disputa acirrada. Em 2012, nessa mesma prova, Avancini levou a melhor, deixando Rubinho na segunda colocação. Será que Rubinho conseguiria uma revanche nesse ano ?

imagem
Henrique Avancini lidera a primeira volta

Na primeira volta, Avancini mostrou que esse ano poderia ser um "replay" liderando a categoria. A sorte parecia estar contra Rubinho, que conseguiu entrar na trilha apenas na nona colocação, deixando-o em uma situação complicada.

Psheidt que estava entre os cinco, abandona a prova por problemas técnicos e Rubinho se esforça para catar os primeiros. A partir daí, a prova fica difícil para o piloto que precisa se recuperar do esforço da primeira volta, mas mesmo assim, consegue manter a segunda posição já na segunda volta.

imagem
Avancini e Rubinho alternam posições a prova toda

Ao longo da prova, a briga fica entre Avancini e Rubinho, que alternam entre a primeira e segunda posição a cada volta. Seguindo bem de perto, estão o suíço Lukas Kaufmann e Edivando Cruz.

No final, Rubinho consegue sua revanche, abrindo vantagem na última volta e sendo o campeão da Taça Brasil 2013. Avancini se mantêm na segunda posição e tanto Lukas, quanto Edivando, mantiveram a consistência conseguindo a terceira e quarta posições. Em quinto, o argentino Franco Molina mostrou que os hermanos não vieram pra brincar.

imagem
Rubinho abre vantagem e conquista a Taça Brasil

Relato de Rubens Donizete

"No start loop não consegui entrar na trilha bem e acabei entrando na nona colocação. Tive que fazer muita força para buscar os líderes já na primeira volta. No fim da primeira, consegui alcançá-los e, a partir daí, decidi fazer uma prova de recuperação, já que tinha me cansado para alcançar os líderes. Só que os ataques constantes não me permitiram seguir minha estratégia, pois eu não podia perder o líder. Assim, tentei neutralizar todos os ataques e, na última, após mais um ataque do Henrique, consegui contra-atacar, abrindo uma vantagem até o final e conquistando a primeira colocação.

Fiquei muito feliz com o resultado, principalmente por ser uma competição nível UCI com atletas de alto nível. Gostaria de parabenizar também a organização da Taça Brasil, já que tivemos o antidoping. Uma iniciativa muito importante, que engradece o nosso esporte e que deveria ser seguida por todos os eventos que contam pontos para o ranking UCI no país, pois isso valida os nossos resultados. Gostaria de agradecer a minha equipe: Merida-Prefeitura de Jacareí-TMP, aos meus apoiadores e ao meu treinador Cadu Polazzo."

Elite Feminino

As principais atletas de elite do país estiveram presentes no evento, com exceção de Erika Gramiscelli. Completando a elite, uma desconhecida dos brasileiros - a argentina Agustina Apaza.

A primeira volta estava bastante favorável para os brasileiros. Roberta Stopa passou na primeira colocação, seguida de Raiza Goulão e logo atrás Agustina.

imagem
Agustina toma a liderança na primeira volta e segue até o o final da prova

Porém, já na segunda volta, Agustina tomou a liderança e seguiu com folga até o final da prova. Roberta perdeu posição pra Raiza e ambas seguiram em 3a e 2a posições respectivamente. Na quarta posição, Isabella Lacerda, campeã da última etapa da Copa Internacional, se manteve forte, mesmo não se sentindo bem. Na quinta posição, a mineira Aline Lombello também fez uma excelente prova.

imagem
Aline Lombelo sem medo no wallride!

As meninas mostraram que não tem medo dos obstáculos, encarando as partes técnicas sem precisar do caminho mais alternativo mais fácil (e longo). Até mesmo no wallride.

Relato de Raíza Goulão

imagem
Raiza é a melhor brasileira na prova

A minha estratégia durante a prova foi me concentrar e tentar abrir o máximo possível das demais atleta, tentando a cada volta me superar para buscar a primeira colocada. No final, gostei da minha atuação e por representar o Brasil para conquista de pontos importantes na UCI."


Fotos (94)

foto 0 -  foto 1 - Rubens Donizete foto 2 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados