home

SRAM estaria preparando lançamento de Red eTap 12 velocidades

Fotos vazadas na internet mostram detalhes do que pode vir a ser o novo Red eTap 12 velocidades


5 NOV, 2018     Gustavo Figueiredo     2    



Juntando-se a Campagnolo, fabricante italiano que apresentou seus grupos de estrada de 12 velocidades há a alguns meses, a SRAM parece estar também preparando o Red eTap 12 velocidades, obviamente com acionamento eletrônico sem fios. As fotos a seguir, publicadas no perfil do usuário mikey.vk no Instagram, revelam alguns detalhes da novidade.

Foto 69941
   mikey.vk / Instagram reprodução

Coroas e cassete

Diferente da Campagnolo que preferiu reduzir a diferença entre um pinhão e outro em seus grupos de 12 velocidades, a SRAM parece estar seguindo o caminho de ampliar a variação máxima entre a marcha mais leve e a mais pesada. Para isso, ela utiliza um pinhão de 10 dentes montando no já lançado cubo XDr, versão de estrada do XD - para se ter ideia, um cassete 10-28 tem 280% de "reach", superando com larga margem os 255% de um cassete 11-28.

Ao que se sabe por fotos em bicicletas de atletas profissionais patrocinados pela marca, a SRAM parece ter reduzido um pouco o tamanho das coroas, aproveitando-se do pinhão de 10 para não perder velocidade final. Até agora, coroas 48/35 e 50/37 foram vistas. Com a distância entre as coroas ficando em 13 ou 14 dentes, esperam-se trocas dianteiras mais eficientes. As coroas parecem ser direct-mount, esculpidas como uma única peça.

Foto 69944
   mikey.vk / Instagram reprodução

O espaçamento entre os pinhões e a compatibilidade com outros grupos da marca ainda é um mistério, mas em teoria o eTap de 12 deve seguir os mesmos padrões dos grupos de 12 velocidades para MTB da SRAM. Ainda não se sabe se o fabricante terá coroas menores para uso em gravel ou mesmo se existiram uma versão 1x12 do grupo - a presença da trava no câmbio certamente abre esta possibilidade.

Mais detalhes

Com um câmbio dianteiro aparentemente com poucas alterações, o foco da SRAM parece ter sido o câmbio traseiro. Pelo que indicam as imagens, ele parece ter um mecanismo de trava com embreagem. O desenho provavelmente foi alterado para acomodar a maior largura do cassete - a roda livre do cubo XDr é 1.8mm mais larga que um convencional. No câmbio traseiro ainda podemos ver o mesmo tipo de construção já encontrada no eTap, com a bateria posicionada na parte posterior do componente.

Foto 69943
   mikey.vk / Instagram reprodução

As alavancas de troca também parecem ter recebido alterações de desenho, possivelmente em uma tentativa de aprimorar a ergonomia - as mudanças são sutis, com o trocador parecendo ser mais estreito e com texturas mais aparentes.

É de se esperar também que o novo grupo utilize centrais no padrão DUB, com eixos de 28.99mm. Segundo a marca, a vantagem é oferecer praticamente a mesma rigidez de um eixo de 30mm sem os problemas de baixa durabilidade e vedação deficitária comuns da medida.


Comentários

  • avatar

    rafael_rtg    Itapeva - SP

    rafael_rtg    Itapeva - SP

    Na verdade não nem questão de falta de acabamento, quando há uma grande mudança de um cog para outro, como é o caso do Shimano de 37 para 46, não tem como ficar bonito, é so olhar os mega-range dos grupos de 7 a 8 velocidades...

    Pilotos profissionais se preocupam com o escalonamento, giro, constância principalmente nas marchas mais pesadas, então preferem ter um escalonamento melhor nos primeiros cogs, sacrificando nos cog maiores, mas eles sabem o salto que terão... Para amadores as vezes não ajuda muito, pois não tem essa noção e acabam se assustando com o salto...

    13 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    Fabio    São Paulo - SP

    Fabio    São Paulo - SP

    Esse cassete da última foto com cara de protótipo é a cara do cassete XT 11-46 e seu acabamento sem acabamento.
    14 dias atrás - Denunciar




  • Relacionados