home

SRAM APEX - Novo sistema de transmissão para estrada

APEX chega com custo mais acessível


13 MAR, 2010     Péricles    
     


Após cinco anos da entrada da SRAM na fabricação de componentes para estrada, a empresa norte-americana apresenta seu novo grupo de transmissão e freios, batizado de SRAM APEX.

O sistema de transmissão SRAM APEX foi lançado na semana passada em Mallorca, Espanha, complementando a família composta por: SRAM RED; SRAM Force; SRAM Rival e, agora, SRAM APEX. A SRAM caracteriza o grupo APEX como um sistema dotado de todas as suas principais tecnologias para estrada, a um custo menor. O SRAM APEX é destinado ao ciclista entusiasta e recreacional.

imagem

O SRAM APEX destaca-se pela oferta de um cassete PG-1050 na relação 11-32, que combinado com o pedivela SRAM APEX GXP na versão 50/34, oferece uma variação de relações com maior amplitude que um sistema com 3 coroas, só que menos complicado para trocar de marchas e substancialmente mais leve. O conjunto APEX compacto (20 marchas) é aproximadamente 274 gramas mais leve do que o Shimano 105 - 5603 (com 3 coroas/30 marchas). O cassete PG-1050 também estará disponível nas variações: 11-23; 11-26; e 11-28 dentes e o câmbio traseiro terá as opções de tensores: curto e médio.

:: Tecnologias

A concepção na criação do SRAM APEX foi inspirada no novo grupo para mountain bike, SRAM XX. A SRAM preservou algumas tecnologias consagradas no grupo APEX, como alavanca de mudanças de marchas Double Tap, Exact Atuation (Atuação exata) e Zero-loss (Perda-Zero), além do ajuste Reach Adjust (ajuste de alcance) para acomodar mãos menores.

A SRAM aposta no APEX justamente para oferecer os benefícios às pessoas de menor estatura, mulheres e jovens. O SRAM APEX também será oferecido, em breve, na opção para guidão reto (além do guidão tradicional de estrada). Enfim, o sistema de transmissão SRAM APEX é destinado para os ciclistas iniciantes que buscam melhor desempenho dos componentes sem precisar gastar muito. O destaque do SRAM Apex é que a transmissão utiliza partes internas da alavanca de mudanças e coroas idênticas ao grupo SRAM RIVAL.

O SRAM Apex utiliza partes em alumínio forjado, sem o uso da fibra de carbono, como por exemplo, nas manetes de freio. "O grupo é muito próximo ao RIVAL, sem o uso do carbono", comentou Daniel Aliperti, diretor técnico da Proparts, responsável pela SRAM no Brasil.

"Trazer a tecnologia Double Tap para um patamar de preço mais acessível e permitir montar uma transmissão com relação tão leve quanto um conjunto com três coroas, sem a complicação e peso inerente a um sistema triplo", afirmou Aliperti. O grupo SRAM APEX também será vendido separadamente e estará disponível no Brasil a partir do segundo semestre de 2010.

No lançamento do groupset APEX na Espanha, a SRAM explicou que a idéia para o cassete 11-32 nasceu diretamente do triunfo de Contador na fase 16 do contra-relógio da montanha Kronplatz em 2008 no Giro d'Italia, um resultado que ajudou a garantir seu domínio sobre a maglia rosa.

A escalada de 12,9 km em estradas de cascalho com inclinações de até 24%, abriram os olhos de técnicos e mecânicos da SRAM e de Contador para construir um cassete personalizado capaz de oferecer ao espanhol uma relação tão baixa como 34x30.

:: Especificações técnicas

- Alavanca de mudanças / manetes de freios: SRAM Apex Double Tap, somente compatível com duas coroas e 10 velocidades (344g / par).

- Câmbio traseiro: SRAM Apex, tensor médio ou curto (curto = 200g, Médio = 210g).

- Câmbio dianteiro: SRAM Apex Zero Loss, braze-on, 31.8mm clamp-on ou 34.9mm clamp-on (Braze on = 89g, abraçadeira = 103g)

- Cassette: PG-1050, 11-32, 11-28, 11-26, 11-23 (11-32 = 299g)

- Freios: SRAM Apex Skelotonized Dual Pivot (306g / par)

- Pedivela: SRAM Apex GXP 50/34 ou 53/39 (890g - incluindo movimento central GXP)

- Mov. Central: SRAM Apex GXP

- Corrente: SRAM Apex PG-1050

*Pesos fornecidos pela SRAM


Fotos (4)

foto 0 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados