MENU

Specialized e Campagnolo prometem se preparar para freios a disco em 2016

Recentemente, a UCI anunciou a criação da segunda fase dos testes de freios a disco no pelotão profissional. Isso quer dizer que, a partir de janeiro de 2016, todas as equipes do worldtour poderão utilizar a tecnologia em qualquer prova do calendário.

imagem
Specialized Tarmac Disc, a bike que provavelmente andará no pelotão profissional em 2016


Porém, isso gerou alguns problemas para algumas equipes, já que muitos times já receberam as bicicletas que serão utilizadas na próxima temporada. Com isso, quadros extras projetados para funcionar com discos, terão de ser produzidos. Além disso, os ciclistas ainda vão precisar de um tempo de adaptação.

A Specialized já tem dois modelos de estrada equipados com discos em sua linha, e os profissionais poderiam utilizar essas bikes sem problemas. "A Specialized é a favor da introdução dos freios a disco, já que eles são a tecnologia do futuro. Todavia, será importante entender se todos os atletas vão querer usa-los", disse Simone Toccafondi, chefe da Specialized Racing, quer fornece quadros, equipamentos e informações para a Etixx-QuickStep, Astana e Tinkoff.

Diferente da Sram e da Shimano, a Campagnolo, que fornece equipamentos para a Lotto Soudal e para a Movistar, ainda não possui um grupo com disco no mercado. Porém, o fabricante italiano promete apresentar uma solução já para as clássicas de primavera, que começam em Abril. De acordo com o fabricante, existe um registro de um sistema hidráulico embutido no guidão e um protótipo já foi apresentado para alguns diretores da empresa italiana.


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.