home

Specialized 6Fattie - Testamos os novos pneus 650b+

Lançamento mundial de rodas e pneus aconteceu hoje


16 ABR, 2015     Pedro Cury    



A Specialized apresenta hoje ao mundo sua proposta de pneus 650b+ (ou 27.5+). Chamados de SixFattie, esses novo pneus encaixam em aros 27.5", porém são muito maiores que os pneus tradicionais, deixando as rodas com um tamanho final próximo das rodas 29".

Semana passada, publicamos um artigo bem detalhado explicando de onde surgiu esse padrão, suas vantagens e desvnatagens. Confira para entender mais detalhes.

No inicio dessa semana, através da Specialized Brasil, tivemos a grande oportunidade de testar um protótipo desses pneus e ter as primeiras impressões antes do lançamento mundial.

A solução da Specialized

imagem

Um dos maiores problemas desse novo padrão é a compatibilidade com as bikes e componentes já existentes. E aí que a Specialized conseguiu sair na frente: Os novos pneus são compatíveis com alguns aros 650b da marca e totalmente compatíveis com a bike Specialized Enduro 29, ou seja, quem já tiver essa bike com aros largos vai poder simplesmente colocar os novos pneus.

Primeiras impressões

Testamos uma Specialized Enduro 29 S-Works com rodas Traverse Fattie 650b e pneus Ground Control 650b+ 3.0". Ainda tivemos pouco tempo para um teste realmente completo, mas as impressões iniciais são bem animadoras. Os pneus são visualmente bem grandes e chamam atenção. Conseguimos testar o de tamanho 3.0 e fomos parados diversas vezes por curiosos espantados com o "rodão".

Peso e rolagem
A maior preocupação de quem vê essas rodas é o peso extra e o quanto a bike pode ficar lenta com os pneus. Na verdade, eles até rolam bem para o tamanho. Diferente de pneus de downhill, esses não possuem reforços ou camadas de borracha extras (2-ply ou 3-ply), deixando-os mais leves. Os cravos também não são altos, deixando a rolagem mais rápida. Claro que não se pode comparar com um pneu leve e de competição, mas eles funcionam bem para o tamanho.

Terreno técnico

imagem

Como já esperado, os pneus ficam muito a vontade em pedras e raízes. A pressão mínima recomendada é de apenas 18 psi, mas testamos com quase metade disso em trechos onde sabíamos que não teriam pedras pontudas que nos trariam problemas. Com esse tamanho e pressão tão baixa, a confiança cresce e conseguimos fazer linhas diferentes nas trilhas que já estávamos acostumados. A pressão bem baixa também deu a impressão deixar mais fácil puxar a frente da bike, mas ainda precisamos de mais testes para confirmar isso.

Curvas
O desempenho em curvas era outra situação que esperávamos pontos muitos positivos. E realmente gostamos. Na curvas mais planas e soltas, realmente a vantagem é muito grande. O limite da curva ao invés de ser o quanto o pneu pode escorregar, passa a ser o quanto o piloto consegue inclinar a bike. Ao mesmo tempo, por mais estranho que seja, nas curvas mais inclinadas e que temos facilidades com pneus normais, sentimos que precisamos reaprender o "timing" da curva. Talvez seja preciso começar a abrir a curva antes ou confiar mais no pneu e fazê-la mais por dentro. Apenas mais testes no dirão se é um ponto negativo ou se é questão de adaptação.

Outra situação, que na nossa opinião foi positiva, foi a previsibilidade do pneu. Em trechos onde conseguimos deitar mais do que o normal, mas precisamos frear mais forte, o pneu traseiro escorregou, mas de forma bem linear, voltando rapidamente a tração assim que tiramos os dedos dos freios. Isso aconteceu em uma ponte de madeira em curva e em uma curva com pouca inclinação. Ou seja, sentimos muito mais margem para freadas bruscas, mas sem sustos.

Aceleração
Um pneu mais largo e mais pesado dificilmente aceleraria rápido. Isso realmente foi perceptível. Em trechos mais planos, ter que frear e re-acelerar é mais lento. Por outro lado, com maior tração nas curvas, é possível manter mais velocidade, assim como em trechos de muitas raízes. Quem tem um estilo de pilotagem que confia nas pernas re-acelerar com velocidade, vai ter que se acostumar.

Conclusões iniciais
imagem

Ainda é cedo pra uma conclusão final. Esse novo formato traz características muito interessantes que certamente vai agradar quem pedala por diversão. Para competição talvez as desvantagens não compensem ou dependa realmente da pista. Faremos um teste mais completo em breve.


Fotos (3)

foto 0 -  foto 1 -  foto 2 -  Mais Fotos

Comentários



Relacionados