home

''Sou o líder da equipe e do Tour'', diz Quintana sobre chegada de Landa


25 OUT, 2017     Gustavo Figueiredo     4    
     


Mikel Landa, ex-super gregário de Froome na Sky, deixou o time britânico e fechou contrato com a espanhola Movistar para ganhar mais espaço para brigar pela liderança de grandes voltas, algo que ele já vem tentando há alguns anos.

Foto 65709
Será que Landa será número 2 mais um ano?   Sky

Porém, no que depender de Nairo Quintana, 2018 ainda não será o ano em que Landa tentará levar a camisa amarela do Tour de France. "Eu sou o líder da equipe e líder para o Tour", disse o colombiano em uma recente entrevista ao jornal espanhol El Pais.

Em 2015, Landa sacrificou-se na Astana por Fabio Aru no Giro d'Italia. Ele fechou a prova em terceiro, com Aru em segundo e Contador em primeiro. No ano seguinte, Landa foi como líder da Sky para o Giro, mas ficou doente e abandonou.

Em 2017, o ciclista assumiu a co-liderança da Sky junto com Geraint Thomas na Itália, mas um tombo acabou com suas chances de vitória - mesmo assim Landa venceu a camisa de rei da montanha. Durante o Tour 2017, prova que ele terminou em quarto lugar, o espanhol afirmou que nunca mais seria o número dois em sua carreira.

Cada um no seu lugar

Foto 65708
Nairo Quintana afirma que será líder da Movistar no Tour 2018   Movistar

Durante a entrevista, Nairo ainda afirmou não ver Landa como uma ameaça, apesar de seu novo companheiro ser espanhol - assim como a Movistar - e ter apenas 28. "Como líder da equipe doi muito boas-vindas para landa, mas conversei muito com Eusebio Unzue (Team Manager da Movistar) e sabemos que cada um tem suas responsabilidades e corridas", disse.

"Eu recebo muito apoio da Telefonica - a Movistar na America Latina - e é lá que eles tem os maiores negócios da empresa. Então sou um ciclista 'de casa' e muito apreciado pela marca", continuou Quintana.

Além de colocar-se como líder da equipe para o Tour de France, Quintana ainda apontou seu companheiro Alejandro Valverde para liderar a equipe na Vuelta, o que deixaria Landa novamente responsável para vencer o Giro, além de servir mais uma vez como super gregário no Tour.

"Precisamos de alguém para quebrar a corrida e também para selecionar o pelotão para criar aquele momento de um contra um", explicou Nairo. "Temos maneiras diferentes de preparar o time e seria ótimo ter mais dois ou três Landas", finalizou Quintana.

Nairo ainda não conversou com seu novo companheiro de equipe, o que deve acontecer em breve, no Training Camp da Movistar que deve acontecer neste fim de ano. Mais alguém aí desconfia que Landa não vai gostar muito da conversa?


Comentários

  • avatar

    newhouse    Embu - SP

    newhouse    Embu - SP

    O Quintana tá falando demais. Numa vuelta com tanto TT, ou ele melhora muito ou vai sobrar de novo, se bobear ele mesmo vai correr o Giro, que é mais a cara dele.
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Leo   

    Leo   

    Vão resolver na montanha, quem subir primeiro ganha hahaha
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    YUMEVA   

    YUMEVA   

    Nario vai ter que provar na pista; Landa tem mais potencial!
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Fernando Tosetto Monchero   

    Fernando Tosetto Monchero   

    Por tudo que o Landa já falou (e reclamou) sobre não querer mais ser o super gregário, duvido que ele não tenha especificado muito bem isso em contrato. Acho muito mais provável o Quintana (que disse que ia ganhar a dobradinha Giro x Tour e perdeu as duas) estar falando demais por estar se sentindo ameaçado. Aguardar pra conferir.
    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados