home

Shimano STePS MTB - Novo grupo para MTB com pedal assistido


28 ABR, 2016     Gustavo Figueiredo     2    



Aparentemente, a Shimano está entrando de cabeça no mercado de bicicletas de trilha com pedal assistido. Depois de lançar o STePS, um sistema de transmissão para e-bikes urbanas, a gigante japonesa lança o STePS MTB, um grupo criado especificamente para bikes de MTB com pedal assistido que, segundo o fabricante, terá um desempenho similar ao Deore XT.

imagem
Foto: Shimano / Divulgação


Como seu primo urbano, o STePS MTB adiciona potência para as pedaladas do ciclista e possui um limite de velocidade a partir do qual ele deixa de fornecer potência extra. Com isso, o fabricante acredita que pode evitar que bicicletas elétricas tornem-se um risco nas trilhas por andarem em velocidades incompatíveis com a segurança.

Segundo o fabricante, o grupo tem um desempenho parecido com o do XT 8000. Isso quer dizer que ele conta com uma pedivela oca e forjada e coroas de 34 ou 38 dentes. Além disso, uma pedivela sólida do nível do Deore também será oferecida por um preço mais em conta.

imagem
Foto: Shimano / Divulgação


Batizada de E8000, a nova unidade de potência é mais compacta do que a versão urbana E6000, o que vai possibilitar a criação de traseiras mais curtas nos quadros, algo muito importante para manter a tração e a agilidade das bicicletas atuais. Além disso, o Q-factor (largura do central), é de 175mm, algo bastante próximo de uma bicicleta "normal".

A bateria é resistente a impactos, vibração e água e é capaz de liberar 500Wh. Além disso, ela pode ser montada no tubo inferior da bike. Todo o sistema é controlado por um trocador esquerdo que lembra bastante o sistema Di2 da marca - inclusive no display que mostra as informações.

Ao todo, existem três modos de atuação: Eco, Trail e Boost. Existe também um modo para empurrar a bike ladeira acima. Nesta situação, a bike é capaz de movimentar-se sozinha, mas o limite de velocidade é bem baixo para evitar que ela "fuja" de você.

imagem
Foto: Shimano / Divulgação


O restante dos componentes (câmbio, trocador e corrente), podem ser misturados para conseguir 10 ou 11 velocidades, com trocas mecânicas ou eletrônicas. Além disso, o STePS MTB é capaz de se comunicar por Bluetooth com o Di2 e com o aplicativo de customização chamado E-Tube.


Comentários

  • avatar

    Airton   

    Airton   

    Pode por qualquer bicicleta
    11 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados