home

Shimano Fest 2017 - Decisão do Short Track e prova de Criterium marcam último dia


17 SET, 2017     Gustavo Figuereido    



O terceiro dia do Shimano Fest, aberto ao público e com entrada gratuita, cumpriu o prometido. O clima de alegria e diversão no rosto dos visitantes de todas as idades nas áreas do festival foi a marca deste sábado (16) de sol e calor, no Jockey Club de São Paulo. O Shimano Fest acaba neste domingo com competição de Criterium e MTB Short Track, reunindo os melhores ciclistas do Brasil.

A Criterium Road abrirá as atividades, a partir das 7h, na Av. Lineu de Paula Machado. Assim que os ciclistas das principais equipes de estrada do Brasil encerrarem o critério por pontos na avenida do Jockey Club, será a vez das finais do MTB Short Track e do Cyclocross, que devem acontecer a partir das 10h30.

Foto 64587
Gideoni Monteiro (Fernando Siqueira / FS Fotografia)   Fernando Siqueira / FS Fotografia

Representante do Brasil no Velódromo Olímpico do Rio de Janeiro após um jejum de 24 anos sem um brasileiro no ciclismo de pista, o atleta Gideoni Monteiro marcou presença no evento e agitou os amantes do esporte.

"Estou muito feliz de estar aqui. É um prazer fazer parte desta grande festa, que está na sua oitava edição. Vim para dar uma na estrutura e fiquei com a certeza de que vai durar vários anos. É um festival da bicicleta na essência", enalteceu Gideoni.

"É muito bom estar aqui competindo e poder representar a Shimano pelo mundo. A Criterium Road com certeza será bem legal", contou Gideoni. "Vejo que houve algumas mudanças nas arenas do Shimano Fest e que todos estão elogiando muito. Vou competir neste domingo junto com meus companheiros de equipe e espero poder fazer uma boa prova e colocar a Indaiatuba/HTPro Nutrition/Shimano nos primeiros lugares. Vamos para cima e queremos dar trabalho", completou.

Foto 64586
Mario Couto e Guilherme Muller na pista    Pedro Cury

No mountain bike, os ciclistas tiveram a primeira bateria neste sábado, para as tomadas de tempo do eliminator. Elogios não faltaram, tanto para o evento em si quanto para o traçado de pouco mais de 1 km. "O Shimano Fest 2017 cresceu demais. A estrutura está grandiosa, com mais empresas e marcas. O público respondeu bem, vindo em peso ao festival, e para os atletas é gratificante pedalar com tanta gente assistindo e torcendo. Muito legal para nós do mountain bike poder pedalar dentro de São Paulo, algo que começou com o Shimano Fest, dois anos atrás", relembrou Ricardo Pscheidt.

"A pista está no nível do trabalho que os organizadores tiveram para construí-la, bem difícil e
completa. Vários obstáculos como rampas, rock garden (jardim de pedras) e trilha com raízes. Está bem montada, contemplando parte física e técnica dos pilotos. Quem vier neste domingo para as finais do MTB Short Rack vai ser presenteado com um show do ciclismo, assim como nas demais áreas do evento", finalizou Pscheidt.


Comentários



Relacionados