home

Shimano Fest 2017 - Confira como foi o festival


18 SET, 2017     Gustavo Figueiredo     1    



Realizado entre dos dias 14 e 17 de Setembro no Jockey Club de São Paulo, o Shimano Fest 2017 reuniu, entre público geral e profissionais da área da bicicleta, cerca de 25.500 pessoas ao longo de seus quatro dias - 25% a mais do que no ano passado.

Foto 64622
Visual noturno do Shimano Fest (Fernando Siqueira / FS Fotografias)   Fernando Siqueira

Além de um grande público, o Festival também contou com atividades para todos os gostos, indo do investidor querendo fechar negócios ao pai de família interessado em colocar seus filhos em contato com o mundo da bike.

Segundo a organização, o Fest mais uma vez obteve sucesso, crescendo em todos os sentidos em relação à sua edição 2016. O número de lojistas praticamente dobrou este ano, foram 5.400 contra 3.000 em 2016.

Após registrar 1.700 bikes no bicicletário na temporada passada, desta vez atingiu a marca de 4.300 magrelas estacionadas no local. O test-ride, reformulado e com uma pista bem maior e desafiadora, teve 4.800 testes realizados.

Repercussão positiva

Durante nossa cobertura do evento, pudemos conversar com muitos lojistas e importadores e a percepção do evento foi sempre positiva. Dos profissionais de Food Truck aos maiores importadores, todos relataram uma evolução em relação aos anos anteriores.

Foto 64623
Estandes lotados todos os dias (Cris Alves / FS Fotografias)   Cris Alves

"A oitava edição do Shimano Fest foi maravilhosa. Muita gente, com a reunião de famílias, amigos e crianças, prestigiou o evento. Só pudemos ver sorrisos nos rostos de quem andava de bicicleta, fazendo o test-ride, arremesso de pesca, conhecendo as novidades que o setor tem para apresentar. Foi realmente incrível estar aqui esses dias", ressaltou Fabio Takayanagi, presidente da Shimano Latin America e North America. "A proposta era reunir as pessoas, curtindo um fim de semana agradável, e acho que conseguimos atingir nosso objetivo", completou.

“A edição deste ano do Shimano Fest teve, indiscutivelmente, um enorme crescimento em qualidade, estrutura e público. Estou surpreso com a qualidade dos negócios realizados. Fechamos vários e bons negócios, em bicicletas e em peças, diferente de 2016, quando os visitantes vieram mais para conhecer do que para comprar. Além disso, o Festival é uma oportunidade de sentirmos a receptividade com a nossa marca, o retorno do público. Um balanço muito positivo”, observou Fred Pessoa, gestor de marketing da Sense.

Durante o evento, muitas marcas apresentaram suas novidades para a próxima temporada para o público, dentre elas Caloi, Cannondale, Groove, Oggi e Vzan.

Bicicletas de todos os tipos

Com provas de asfalto, de MTB e até de cyclo-cross, atividades para crianças, palestras, shows de música e teste de bicicletas, o Shimano Fest englobou de foram completa o mundo da bicicleta, com todas as modalidades e gostos representados.

Foto 64624
Crianças se divertiram (Cris Alves / FS Fotografias)   Cris Alves

Outro tipo "pedalada" que chamou bastante a atenção foi a grande presença de bicicletas elétricas. Disponível para test ride, as bicicletas fizeram sucesso com quem passeou pela pista montada especialmente no Jockey Club de São Paulo com uma grande subida de madeira, vencida facilmente e em alta velocidade por todos os tipos de pessoas.

“É uma experiência única. Você sobe um pouquinho a rampa ela te dá uma força. É como se estivesse no plano ainda. Para ir trabalhar não tem outra escolha”, conta Felipe Caprioli, que veio de Arapongas, no Paraná, para o evento.

Foto 64625
Espaço Mulher, um dos destaques do evento (Cris Alves / FS Fotografias)   Cris Alves

Fechando com chave de ouro, o público conheceu no quarto e último dia os campeões da Criterium Road, prova realizada em um circuito na Avenida Lineu de Paula Machado, com as vitórias de Wellyda dos Santos e Lauro Chaman, atual campeão mundial de paraciclismo, os dois da Funvic/Brasil Pro Cycling.

De tarde foi a vez do MTB Short Track ter os vencedores definidos, com os títulos de Raiza Goulão (Primaflor/Mondraker/Rotor) e Luiz Cocuzzi (Lar/Scott), atuais campeões brasileiros de cross country olímpico (XCO).

Foto 64626
Rubinho Valeriano no Short Track   Pedro Cury

Ao mesmo tempo que as provas aconteciam em altíssima velocidade, o festival seguiu com palestras, espaço dedicado especialmente para as mulheres, inúmeros ideais de novos negócios envolvendo a bicicletas em um cenário capaz de deixar o apaixonado pela bike - qualquer que fosse o tipo - com o sorriso de orelha a orelha.


Comentários

  • avatar

    newhouse    Embu - SP

    newhouse    Embu - SP

    O test-ride esse ano estava muito bom, cada bike top com grupos que nunca tinha pedalado, foi um experiencia sensacional. Se tivesse grana comprava uma ali mesmo.
    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados