home

Santa Cruz Brasil inicia vendas diretas com até 30% de desconto


9 JAN, 2018     Gustavo Figueiredo     34    



Segundo nota oficial à imprensa, a Santa Cruz Bikes passará a realizar no Brasil vendas diretamente para o consumidor final, além de continuar o trabalho com seus lojistas parceiros. Para acompanhar a iniciativa, a marca preparou algumas novidades como descontos que podem chegar a até 30% e parcelamento sem juros em até 6 vezes.

Foto 66304
Foto 66306
Foto 66305

A novidade passa a valer a partir de hoje, dia 9 de janeiro de 2018, no site oficial da Santa Cruz Brasil, página que foi reformulada para facilitar a navegação e a escolha dos modelos. Além disso, a Santa Cruz conta com staff dedicado para o atendimento técnico por telefone, email, whatsapp ou presencialmente no showroom da marca em Itaipava, RJ

A Santa Cruz é bastante conhecida entre os que são envolvidos há mais tempo no MTB, mas muitos iniciantes no esporte acreditam que a marca oferece apenas boas bicicletas de Enduro ou Downhill - o que tende a mudar com sistema de vendas diretas e as novas condições.

Vantagens da venda direta

- Redução de preço em até 30% (varia de acordo com os modelos)
- Parcelamento em até 6x sem juros no cartão - podendo fazer em até 18x com juros
- Opção de financiamento próprio mediante aprovação do cadastro

A Santa Cruz ressalta que continuará a realizar vendas através de seus lojistas parceiros, e que as bikes poderão ser encontradas no site e nas bike shops pelo mesmo preço.

Posicionamento Premium

Segundo Andre Sanches, sócio fundador da marca no Brasil, a Santa Cruz foca em bicicletas premium, especificamente em modelos de XC, Trail e Enduro. Com isso, o modelo mais básico não custa menos do que R$ 9.000 - todavia, são utilizados apenas componentes de performance e quadros com garantia vitalícia

Foto 66308

"Marcas populares como Specialized, Scott e Trek, por exemplo, têm produtos muito bons, e o nosso diferencial é que focamos nas bikes premium de mountain bike, não atacamos em todas as frentes, focamos no mountain bike", afirmou André. "Exemplo disso são nossas bikes de carbono que são inteirinhas de carbono, nem oferecemos bikes com a pegadinha da traseira de
alumínio", complementou.

Esse posicionamento acabou resultando em um alto reconhecimento da Santa Cruz no mercado internacional, com a marca sendo considerada a melhor em um comparativo feito pelos leitores da revista Enduro Mountainbike Magazine. Além disso, a marca foi a mais votada em inúmeras categorias entre os leitores do site Vital MTB.

Foto 66307

Para maiores informações, acesse o site oficial da Santa Cruz Brasil, entre em contato pelo email pedidos@santacruzbikes.com.br, pelo telefone (24) 2222 - 3400 ou pelo whatsapp 99963 - 5381.


Comentários

  • avatar

    Donizete   

    Donizete   

    Com essa Tallboy que o menino da Revista Bike Ride ganhou o TransAndes no Chile. Pessoal fica de mi-mi-mi falando de Trek e Scott é porque não entendem de bike de verdade....quem entende sabe que existem várias outras marcas top de verdade como Santa Cruz, Ibis, Intense, Cube e várias outras.

    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    ilidam    Porto Alegre - RS

    ilidam    Porto Alegre - RS

    Adamastor. Nada foi inventado. O tallboy cinza da foto da balança foi meu. No site eles responderam dizendo que o quadro pesava 2,85kg com shock, porém o real é 3,5kg.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    coquinho   

    coquinho   

    Monta-se uma pela metade do preço e componentes melhores!!! não nesse lixo de brasil!

    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Ricardo   

    Ricardo   

    Eu acho que sempre fomos bombardeados com marketing de Specialized, Trek e Scott, e agora com mais e melhores opções o pessoal fica com medo de bobeira.
    Acabei de comprar minha Highball carbon com kit S tá com 10kg, custou 5mil à menos que uma Trek que o Luciano falou sem contar que a Trek vem cheia de peça Bonttagre que ninguém sabe ao que comparar.

    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Marcos   

    Marcos   

    Caríssima para a realidade brasileira
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Te'te   

    Te'te   

    Te'tando o 'ifrão
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    LucianoBsB    Taguatinga - DF

    LucianoBsB    Taguatinga - DF

    Cilada dos preços que anunciam como baixos que de baixos não tem nada.
    Tá parecendo a Specialized...
    Se fosse para experimentar, preço por preço, e custo benefício por custo benefício, vou mil vezes numa Trek.

    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Adamastor   

    Adamastor   

    Esse lance do peso errado no site dos caras já foi esclarecido no forum aqui do Pedal...teve um cara inventou uma história que o peso tava errado pra tentar se dar bem, achou que falando mal a marca ia dar algo de graça pra ele. Não sei se foi seu caso Ilidam, mas no site deles tem todos os pesos.

    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    ilidam    Porto Alegre - RS

    ilidam    Porto Alegre - RS

    Eu tive uma tallboy. História muito triste. Dica: Não confie no peso informado pelo site oficial, pois a diferença é muito grande.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    José Carlos   

    José Carlos   

    Como comprar e qual o valor
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Frank   

    Frank   

    A entrega é rápida, componentes top das marcas mais famosas como SRAM. Não pensei ainda em vender a minha kkkk... não sei como será a revenda, mas claro que vai perder muito valor como qualquer outra bike nova. Comprando com valor até 3 mil dólares no site da Canyon, você receberá em uns 10 dias no máximo depois de despachada pela Canyon. Vais pagar mais 60% de imposto na entrada no Brasil. Mesmo assim ainda sai mais barato que comprar uma bike no Brasil. Garantia tem, mas você paga os impostos. No meu caso consegui quebrar o meu cambio sram Eagle e a Canyon me enviou grátis as peças de reposição, só tive que pagar os impostos na entrada no Brasil.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Turibio   

    Turibio   

    Tava considerando uma Canyon também, mas vi que não tem suporte pós-venda no Brasil e a revenda depois é complicada, a bike perde muito valor. Frank - sua bike chegou rapidinho no Brasil, quanto tempo?
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Frank   

    Frank   

    A Canyon vende direto da fabrica na Alemanha pela internet e entrega no Brasil por UPS. Comprei uma MTB e recomendo! Top!
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Márcio   

    Márcio   

    R$20.000,00 numa bike? Claro que dou! Só não acertei a Mega da Virada em 31/dez/17. Vou esperar 31/dez/18 e, aí sim, pagarei a bagatela! ??
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Márcio   

    Márcio   

    R'20.000,00 numa bike? Claro que dou! Só não acertei a Mega da Virada em 31/dez/17. Vou esperar 31/dez/18 e, aí sim, pagarei a bagatela! ??
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Rosoilton    

    Rosoilton    

    É 23,990 reais a vista é
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Rosoilton    

    Rosoilton    

    É 23,990 reais a vista é
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Nino Schurter   

    Nino Schurter   

    Você está mal informado ILIDAM, entra no site da Santa Cruz. A Tallboy pode pesar um pouco a mais, mas isso mais do que compensa os R'6mil de diferença. Sem contar que Scott todo mundo tem né tio.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    CONRADO CAMPAGNACCI CAMPOS   

    CONRADO CAMPAGNACCI CAMPOS   

    Meu sonho de bike .. Uma pena não ter cacife para tal .. Mas co mais a popularização do uso , da marca aqui no Brasil.. Quem sabe um dia uma usadinha eu terei.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    ilidam    Porto Alegre - RS

    ilidam    Porto Alegre - RS

    É Brincadeira isso? Comparar Tallboy com Spark. A tallboy pesa quase o dobro da Spark.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Galeno Faria de Oliveira   

    Galeno Faria de Oliveira   

    Excelente atitude da Santa Cruz. Que a SCOTT, TREK, FOCUS, BMC, GIANT, BIANCHI, Specialized e outras marcas top sigam esse exemplo. Bikes de marcas top no Brasil são excessivamente caras. Principalmente quando o importador não é a própria marca, caso da SCOTT. A melhor maneira de combater o contrabando de bikes de marca top, é praticando preços mais acessíveis e possibilidade de parcelamento em mais de 12 vezes no cartão de crédito.
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Ned Overend   

    Ned Overend   

    Deve ser o tanto de gente visitando o site!
    9 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    dbiker    São Paulo - SP

    dbiker    São Paulo - SP


    --Corrigiram, antes os links estavam direcionando para o endereço:https://santacruzbikes-manutencao.lojaintegrada.com.br/trail

    9 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados