home

Sagan teria assinado contrato milionário com Astana para 2017


24 MAI, 2016     Gustavo Figuereido    



Segundo o jornal italiano La Gazzetta dello Sport, Peter Sagan teria fechado um contrato de 4 milhões de euros com a Astana, equipe do Cazaquistão. Durante 2016, Peter Sagan estaria procurando uma nova equipe, já que Oleg Tinkov, o multimilionário russo dono da Tinkoff assumiu ter desistido de patrocinar um time de ciclismo.

imagem
Peter Sagan vence a Gent-Wevelgem 2016


A matéria afirma que o negócio já foi fechado, porém ainda não foi divulgado oficialmente. Segundo a mesma matéria, Sagan seria líder da Astana para as provas clássicas, enquanto Fabio Aru comandaria a equipe durante as grandes voltas. Atualmente, este papel é dividido por Aru e Vincenzo Nibali. Porém, o desempenho inconsistente do Tubarão de Messina turva cada vez mais sua relação com o time.

Caso o contrato realmente seja real, a Etixx – Quick-Step, outro possível destino para Sagan, deverá contratar John Degenkolb. O alemão que hoje corre pela Giant – Alpecin sofreu um grave acidente no começo deste ano e está se recuperando só agora. Porém, seu contrato com sua atual equipe termina no fim de 2016 e, até o momento, seu destino final ainda é incerto.

Giuseppe Martinelli, gerente da Atana, preferiu não comentar o caso e disse que apenas Alexander Vinokourov, gerente geral, poderia falar sobre novas contratações. Giovanni Lombard, agente de Sagan, não foi encontrado para comentar.


Comentários