MENU

Rumor - Novo Shimano Saint flagrado na Copa do Mundo de Downhill 2021

A versão foi fotografada nas bikes do Santa Cruz Sindicate

Depois de flagrada a versão do que aparenta ser o novo Dura-Ace eletrônico de 12 marchas para a estrada, agora foi a vez do MTB.

Protótipos de sua nova transmissão para o downhill foram flagrados durante a etapa de abertura da Copa do Mundo de Downhill em Leogang. Supomos ser uma versão nova do Saint, o grupo topo de linha da Shimano para MTB extremo.

Shimano Saint
A linha Saint dedicada ao Downhill segue inalterada desde 2012, quando foi lançada ao público a versão que ainda vemos atualmente. Já um tanto esquecida, seja pela baixa na vendas de bikes dessa disciplina ou ofuscada pelos lançamento dos XT e XTR com freios 4 pistões e componentes tão fortes quanto.

Agora, uma nova versão ganha as pistas, em desenvolvimento desde o ano passado, quando algumas bikes da equipe Santa Cruz Sindicate foram avistadas com versões protótipo do cambio traseiro. Essa nova versão ganhou notoriedade durante a etapa de abertura da Copa do Mundo de MTB Downhill em Leogang, Austria.

Foto 78408
    Print de tela - Youtube Santa Cruz Sindicate


Publicidade


Durante a prova as bikes da equipe da Santa Cruz apresentaram uma versão mais refinada do protótipo do cambio traseiro e também do novo pedivela, itens ainda sem identificação e pintados de preto como do novo Dura-Ace. A equipe até fez um vídeo com o Bike Check da bike de Luca Shaw, mas o retirou do Youtube antes que pudesse viralizar, mas salvamos um print de tela que nos ajuda a especular muita coisa.

O cambio traseiro aparenta ter um design mais estreito, com um perfil menos pronunciado para fora, o que é uma vantagem para evitar impactos com pedras e nas valas. Além das pernas ultra curtas, que lembram os antigos câmbios de estrada usados pelos pilotos de Downhill nos anos 90, essa nova versão aparenta usar uma versão atualizada do sistema Shadow RD+ encontrado nos XT e XTR de 12 marchas.

Uma novidade, será o provável uso de um cassete com menos marchas (7 talvez?) e começando com um cog de 10 dentes, contra o antigo que começava em 11. Os cogs menores são interessantes por poderem ser casados com coroas menores sem perder a velocidade final, assim ganhando em altura livre do solo, sem perder performance.
Foto 78407
    Instagram @luca_shaw


Podemos supor isso pela foto publicada por Luca Shaw, piloto da Santa Cruz que postou nos stories de seu Instagram uma foto onde é visível que sua nova roda foi montada com um cubo Chris King com Freehub Microspline, medida necessária para usar cassetes ultra compactos. Uma alternativa semelhante é usada pela SRAM no grupo XO1 DH que emprega um Freehub XD para poder comportar seu cassete com 10 dentes.

Publicidade


O novo pedivela lembra e muito os atuais XT e XTR empregados nas bike de Trail/enduro, aparentando ser bem mais leve que o antigo Saint(que havia sido criado para ser o mais forte possível, mas que cobrava por isso no seu peso). A nova aranha que segura a coroa também se assemelha ao restante da linha Shimano de 12 marchas, deixando no ar a possível compatibilidade ou até mesmo a possibilidade de uso de coroas de montagem direita como no XTR atual.

Só nos resta aguardar por mais informações e imagens dessa nova linha.


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.