home

Rio de Janeiro mapeia ciclovias com tecnologia da Imagem


23 OUT, 2015     Gustavo Figueiredo    



A Prefeitura do Rio, através do IPP, disponibiliza informações para população sobre rotas de transporte público e dados sobre os 380 km de ciclofaixas e bicicletários espalhados pela cidade no mapa que você confere neste link.

Mapear e gerenciar a mobilidade urbana são dois dos maiores desafios vivenciados pelas prefeituras de todo o mundo, afinal, com o aumento da população, mesmo as cidades consideradas grandes ficaram pequenas e congestionadas. E de olho em prestar um melhor serviço ao cidadão carioca, o Instituto Pereira Passos (IPP) e a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio do Sistema Municipal de Informações Urbanas (Siurb), mantêm o PortalGeo, um site web baseado na plataforma ArcGIS, distribuída no país pela Imagem, empresa líder em Sistemas de Inteligência Geográfica (GIS), que possui diversos mapas da capital fluminense, incluindo os Mapas Digitais do Rio de Janeiro de Ciclovias e de Transporte Público.

Com a iniciativa, o IPP, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio ambiente (Smac) - gestora do programa Rio Capital da Bicicleta, que mantém atualizada a base das rotas cicloviárias no município - e a ONG Transporte Ativo registrou as ciclovias de todo o município, bem como bicicletários para que os praticantes de ciclismo (profissionais, amadores e usuários comuns) possam usufruir de toda a infraestrutura que a cidade oferece. "A cidade não tinha, até a criação do Siurb, uma base oficial da sua rede cicloviária. Já eram mais de 380 km de ciclovias construídas e o órgão gestor detinha as informações apenas em uma base local. Com a publicação do mapa, procuramos preencher uma lacuna entre os órgãos públicos com a população", afirma Adriano Alem, Coordenador de Informações da Cidade da Diretoria de Informações da Cidade (DIC) do Instituto Pereira Passos (IPP), órgão da Prefeitura do Rio de Janeiro.

imagem
O sistema e bastante completo e tem inúmeros filtros


Já os dados de transporte, são mantidos nos mapas em parcerias com a Secretaria Municipal de Obras (para os sistemas de transporte que estão em construção), Secretaria Municipal de Transportes e FETRANSPOR. "O IPP espera poder colaborar para que a população tenha conhecimento de todas as opções de transporte público em operação e em construção na cidade, podendo assim planejar seus deslocamentos e conhecer melhor as ações da Prefeitura", diz Alem. O mapa inclui transportes públicos terrestres e aquáticos (barcas, barcos, etc.).

Os mapas cobrem toda a área da cidade do Rio de Janeiro e têm funções básicas de consulta das informações, permitindo visualizar imagens de satélite, rotas e vias de trânsito, ícones de identificação dos serviços públicos, entre outras funcionalidades. "É possível visualizar as melhores rotas para fazer uma integração entre o transporte ativo, o cicloviário, e o transporte público, por exemplo, contando inclusive com a possibilidade de achar os bicicletários mais próximos para o cidadão estacionar sua bicicleta", explica o coordenador.

O IPP utiliza o módulo ArcGIS Online, fornecido pela Imagem, que além da tecnologia tem prestado treinamentos para as equipes técnicas do município. "Outro destaque para parceria que se consolidou entre o IPP e a Imagem é a possibilidade que o Instituto obteve de gerir para a Prefeitura como um todo o acesso e manuseio de maneira corporativa do ambiente GIS", fala Adriano Alem, que finaliza. "Teremos em breve uma ampliação de conteúdo de informações, de aplicações setoriais, que em muito irão melhorar a disseminação de informações para o ambiente corporativo e para o cidadão".

O mapa está disponível neste link.


Comentários



Relacionados