Seção de Fotos Vazia Repondo energia durante o treino - Pedal

MENU

Repondo energia durante o treino

     

Modalidades como ciclismo, corrida, travessias e triathlon, por apresentarem treinos e competições prolongadas, requerem cuidado especial com a alimentação, e essa pode representar a chave para o sucesso do atleta.

Em atividade prolongada, as reservas musculares de glicogênio estão diminuindo e, sem uma rápida e eficiente reposição, pode ocorrer a queda de performance e até mesmo fadiga. Trabalhos mostram que as reservas de glicogênio são suficientes para suportar 60 minutos de atividade, podendo chegar a 90 minutos em menores intensidades.

Dessa forma, após uma hora de atividade é fundamental que ocorra a reposição de carboidratos. Segundo as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (2003), a proporção ideal deve ser de 30 a 60 gramas por hora. Essa reposição pode acontecer sob a forma de alimentos ou suplementos, e esses devem ser de fácil digestibilidade e uso para a prática esportiva, de forma a não promover a interrupção da prática e não atrapalhar a prova ou treinamento.

A escolha da reposição ideal varia de acordo com o tipo de exercício: para ciclistas, por exemplo, pode-se armazenar na bicicleta ou no camel back géis de carboidratos, barras energéticas, bisnaguinhas, bolachas simples, banana, entre outros. As garrafinhas devem estar cheias de bebidas esportivas nos treinos longos (bebidas isotônicas, água de coco, soro caseiro, suco de frutas). Na corrida a forma mais prática de reposição é o gel de carboidrato, que deve preferencialmente ser ingerido com água, ou bebidas esportivas, que podem estar disponíveis.

Para otimizar sua performance em qualquer modalidade e sua saúde, você pode consultar um nutricionista para que avalie suas necessidades e seu estilo de vida, e adapte um plano alimentar adequado e balanceado pra você.

Flávia Semenow
Nutricionista – CRN 2004101764

     


Comentários



Mais Notícias