home

Relatório sugere reabertura de Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro

Laudo Pericial foi feito a pedido da Justiça. Trecho está interditado desde acidente que matou duas pessoas, em 2016


18 JAN, 2019     Maritza Borges    
     


Uma reportagem da GloboNews mostrou com exclusividade um relatório encomendado pela Prefeitura do Rio de Janeiro que concluiu que a Ciclovia Tim Maia pode ser reaberta. De acordo com a matéria, o Governo Municipal pagou R$ 180 mil para um estudo e a criação de um laudo que foi elaborado durante dois meses e contou com ajuda de drones e especialistas em rapel. Segundo a reportagem, o documento de 122 páginas, que aponta sugestões e problemas na estrutura, foi entregue à Justiça no início da semana.

Foto 70760
   Raphael Pazos / CSCRJ

De acordo com a GloboNews o documento sugere a reabertura da Ciclovia desde que algumas medidas de segurança sejam adotadas como por exemplo, a construção ao longo do percurso de novas saídas de emergência para a Avenida Niemeyer, que fica ao lado da Ciclovia. Além disso, o relatório também sugere a instalação de postos de observação para evitar que pedestres permaneçam na ciclovia em caso de interdição e um eficiente monitoramento de ondas com transmissão em tempo real. Ainda segundo a GloboNews, a perícia sugere a concessão privada do trecho para maior fiscalização e um plano de inspeção rotineira para verificar o estado de estrutura ao longo do tempo.

Por outro lado, o documento também aponta diversos problemas, de acordo com a reportagem. Segundo a GloboNews, a vistoria técnica encontrou problemas nas grades de proteção, em parte do guarda corpo, crescimento da vegetação ao redor das pistas, além de postes de aço em péssimas condições. A matéria ressaltou que a vistoria destaca um poste de concreto que pode sofrer uma ruptura a qualquer momento e constatou que não há nenhuma placa de sinalização para orientar pedestres. Além disso, o relatório apontou problemas nas tubulações em instalações elétricas.

Segundo a Globo News, o processo tramita na justiça desde julho de 2016. Tanto a prefeitura quanto a defesa do consórcio Contemat-Concrejato já se manifestaram favoravelmente pela abertura da ciclovia. Mas o Ministério Público estadual é contra a liberação até que se reparem todos os defeitos e não haja nenhum risco.

A Ciclovia Tim Maia tem 7 km e custou 44 milhões de reais aos cofres públicos. Ela liga a Zona Sul do Rio até a Barra da Tijuca, na Zona Oeste e foi inaugurada em Janeiro de 2016 para os Jogos Olímpicos. Três meses após a inauguração, houve o desabamento e ela foi fechada. Duas pessoas morreram. Quase dois anos depois, outro trecho da Ciclovia caiu. Apesar da Ciclovia estar interditada para uso, pedestres e ciclistas ignoram as barreiras e circulam pelo local.


Comentários



Relacionados