MENU

Ranking UCI júnior 2020 - Malacarne fecha ano em quinto, com Giugiu em décimo

Brasileiros fazem parte da nova geração de atletas que prometem um futuro brilhante para o MTB nacional

Apesar de todas as dificuldades e mudanças no calendário por conta da pandemia da Covid-19, o ano de 2020 foi produtivo para o mountain bike cross-country olímpico nacional. Isso porque, se na Elite Masculina o pais fechou em terceiro lugar no ranking da UCI, com Henrique Avancini na liderança, na júnior o pais tem mais dois motivos para comemorar: os bons resultados de Alex Malacarne, de 18 anos, e de Giugiu Morgen, de 17, na classificação da entidade máxima do ciclismo.

Alex Malacarne
Alex Malacarne    Specialized Divulgação

A liderança entre os homens na júnior ficou com o suíço Janis Baumann, que somou um total de 520 pontos. O Top 3 ficou foi fechado com Lennart-Jan Krayer, da Alemanha em segundo e Oliver Vederso Solvhoj da Dinamarca em terceiro. Alex fechou em quinto, somando 315 pontos - vale destacar que, para o ano que vem, o ciclista vai correr pela britânica Trynity Racing.

"Últimos dias de 2020! Um ano de aprendizado e dificuldades gigantescas! Finalizo essa temporada e minha passagem pela categoria júnior como o 5° no ranking mundial júnior. Só tenho a agradecer a todas as pessoas que torceram e a todos os meus patrocinadores que acreditaram em mim!", comemorou o atleta em sua conta do Instagram.

Giugiu Morgen
Giugiu Morgen    Felipe Almeida

Entre as mulheres, a liderança ficou com a austríaca Mona Mitterwallner, com um total de 500 pontos. O segundo lugar ficou com a francesa Olivia Onesti, com o terceiro lugar nas mãos de Aneta Novotna, da República Tcheca. Giugiu Morgen, que fez sua estreia europeia na Copa do Mundo de MTB XCO Júnior com um Top 15, está na décima colocação - ela soma 236 pontos.



Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.