home

Protesto cor de rosa no domingo em São Paulo


8 MAR, 2013     Guiné    



Um protesto duro, mas com muita alegria, beleza e charme. Assim será o Sampa Bikers Mulher, passeio marcado para o dia 10 de março, a partir das 9h, pelas ruas do centro de São Paulo. A iniciativa do Clube Sampa Bikers tem como metas comemorar o Dia Internacional da Mulher - no dia 8 de março - com uma pedalada da cidade, e protestar por um trânsito mais humano e de respeito ao ciclista. Além disso, arrecadar produtos de higiene pessoal, maquiagem em geral e bijuterias para a Fundação Francisca Franco - entidade que atende mulheres que sofreram violência doméstica. A largada e a chegada serão na sede da Porto Seguro, com percurso de até 20 km.

Acostumadas a batalhar no dia por seu espaço em uma sociedade predominantemente dominada por homens, a mulheres vão emprestar um pouco de sua garra para lutar pelo maior respeito ao ciclistas no conturbado trânsito da capital paulista. As ciclistas farão uma manifestação pacífica, sendo que a ideia é fazer um bloqueio com suas bicicletas na esquina mais famosa da capital - das avenidas Ipiranga e São João - onde entregarão flores aos motoristas pedindo paz no trânsito e que sejam mais gentis.

O Sampa Bikers Mulher é uma tradicional pedalada exclusiva para as mulheres, que podem comemorar seu dia e ainda destacar a necessidade do convívio harmonioso entres carros e bikes na cidade.

"O objetivo é conscientizar os motoristas paulistanos sobre o respeito aos ciclistas e a todos os envolvidos no trânsito. Outro momento de destaque será a passagem pela Praça da Sé onde, na escadaria da Igreja da Sé, as participantes pedirão mais ciclovias", explica Paulo de Tarso, diretor do Sampa Bikers, que esta ano completa duas décadas de apoio o ciclismo.

As inscrições podem ser feita no site oficial, www.sampabikers.com.br. O Sampa Bikers mulher tem o patrocínio da Porto Seguro e Netshoes com apoio da Tito Bikes, Curtlo, Cateye e capacetes Prowell.


Comentários



Relacionados