MENU

Produção de bikes registra nova retração

Tanto no quadrimestre quanto no mês de abril foram registradas diminuição na fabricação de novos modelos

Release de imprensa
Levantamento realizado pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) mostra que 174.365 bicicletas foram produzidas no primeiro quadrimestre. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a indústria registrou retração de 24,4% (230.689 unidades).

Foto 82239


Ainda de acordo com a associação, em abril, 39.377 unidades saíram das linhas de montagem das fabricantes instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus). O volume é 17,4% menor ao registrado no mesmo mês do ano passado (47.670 bicicletas) e 30,3% inferior na comparação com março (56.492 unidades).

Produção por categoria

Nos quatro primeiros meses do ano, a categoria mais produzida no Polo de Manaus foi a Moutain Bike (MTB). No total, foram fabricadas 107.754 unidades, o que corresponde a 61,8% do volume de produção.

Na sequência do ranking, vieram a Urbana/Lazer (43.969 bicicletas e 25,2% do total produzido) e a Infantojuvenil (14.048 unidades e 8,1%).

Publicidade



No levantamento mensal de abril, as três categorias mantiveram suas posições: MTB (23.249 bicicletas e 59% do total fabricado), Urbana/Lazer (11.637 unidades e 29,6%) e Infantojuvenil (3.232 bicicletas e 8,2%).

Distribuição por região

De janeiro a abril, 109.327 bicicletas foram enviadas para os estados da região Sudeste. Esse total corresponde a 62,7% do volume fabricado no PIM. A região Sul recebeu 25.038 unidades, o que representa 14,4% da produção, e ficou em segundo lugar no ranking. Na sequência, ficaram as regiões Nordeste (17.185 bicicletas e 9,9% do total fabricado), Centro-Oeste (12.593 unidades e 7,2%) e Norte (10.222 bicicletas e 5,9%).

Foto 82238


As posições foram mantidas no ranking mensal: Sudeste (25.796 bicicletas e 65,5% da produção), Sul (4.749 unidades e 12,1%), Nordeste (3.074 bicicletas 7,8%), Centro-Oeste (3.019 unidades e 7,7%) e Norte (2.739 bicicletas e 7,0%).

Exportações

No acumulado do ano, os negócios com o mercado externo recuaram 27,3%. De janeiro a abril, foram exportadas 3.946 bicicletas. No primeiro quadrimestre de 2022, os embarques totalizaram 5.427 unidades.

De acordo com levantamento do portal Comex Stat, que apura os embarques totais de cada mês, analisados pela Abraciclo, os países-membros ou associados do MERCOSUL foram os principais destinos: Bolívia (1.318 bicicletas e 33,4% das exportações) e Uruguai (794 unidades e 20,1%).


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.