home

Presidente da UCI afirma que Wiggins não quebrou regras e não será investigado


9 OUT, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


Brian Cookson, presidente da UCI, falou em público pela primeira vez sobre o caso de Bradley Wiggins, que usou triamcinolona com autorização para uso terapêutico antes do Tour em 2011 e 2012 e também antes do Giro de 2013.

imagem

A declaração aconteceu em Doha, em uma coletiva com a imprensa nos preparativos para o Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada e três semanas depois do vazamento de dados médicos sigilosos do atleta realizado pelo Fancy Bears, um grupo de hacker russos.

"Não temos nenhum motivo para acreditar que as TUEs foram usadas de forma inapropriada. Todas elas entraram pelo sistema ADAMS e com isso a WADA tem total capacidade de revisá-las a qualquer momento. Até onde eu sei e até que eu escute outra recomendação da WADA ou da Fundação Anti-doping do ciclismo, nenhuma regra foi quebrada e não existem rezões para novas mediadas serem tomadas", disse o dirigente.



Comentários



Relacionados